Criminalista lança de livro sobre colaboração premiada em investigações

Amanhã (14) será o lançamento do livro “A Colaboração Premiada Unilateral”, do Advogado criminalista e especialista em estudos de crimes de corrupção. Na obra, o autor fala sobre a colaboração premiada, ferramenta que foi bastante usada durante as investigações da Operação Lava-Jato, e faz uma análise sobre os nove anos de funcionamento do dispositivo.
Segue texto e imagens:

Advogado criminalista e especialista em estudo de crimes de corrupção lança livro sobre colaboração premiada, em Brasília

O advogado criminalista e especialista no estudo dos crimes de corrupção e crime organizado, Bernardo Fenelon, lança, nesta terça-feira (14),  livro sobre o instituto da colaboração premiada – um acordo entre o cidadão e o Estado com o objetivo de fornecer informações aos órgãos investigativos para resolver crimes, em troca de benefícios penais e processuais, durante a investigação.

Em “A Colaboração Premiada Unilateral”, Fenelon faz uma profunda análise sobre a ferramenta de investigação, que está em vigor há nove anos. O advogado explica que, desde 2013 – data que o dispositivo entrou em vigor – surgiram várias dúvidas ligadas às técnicas e práticas da colaboração premiada, em especial, com a aplicação do instituto durante toda a Operação Lava-Jato. Na obra, o autor traz questionamentos, busca soluções e trata a questão com pragmatismo.

O advogado Bernardo Fenelon é mestre em direito penal econômico e compliance pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) e membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM).

A obra “A Colaboração Premiada Unilateral” será publicada pela Editora Dialética e terá evento de lançamento no Lago Sul, na QI 9, conjunto 13, casa 9, às 18h30.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui