Casos de infecções sexualmente transmissíveis cresceram com a pandemia

Pesquisas e especialistas apontam casos de infecção sexualmente transmissíveis cresceram com a pandemia. A grande influência disso é devido ao adiamento de testes de rotina e consequentemente, a falta de sexo com proteção.

Os preservativos ajudam a evitar a infecção sexualmente transmissível, pois muitas ISTs não possuem sintomas detectáveis, aumentando os riscos de contaminações.

Além disso, outras formas de prevenção são bastante eficazes em casos de ISTs, como por exemplo, vacinas como do HPV e educação sexual.

Conheça as principais infecções sexualmente transmissíveis

Se não tratadas adequadamente, as infecções sexualmente transmissíveis podem trazer riscos de alguns tipos de câncer, lesão aos órgãos genitais e infertilidade.  Por isso, a prevenção é sempre o melhor caminho. Conheça quais são as principais ISTs.

HIV

O HIV é uma das infecções sexualmente transmissíveis causada pelo vírus da Aids, uma infecção silenciosa que pode ser confundida com uma gripe.

Seu diagnóstico é realizado a partir de exames de sangue ou fluído oral, com resultados rápidos que detectam anticorpos em 30 minutos.

Infecção por papilomavírus humano (HPV)

O HPV é uma IST que não exibe sinais na maioria dos homens e mulheres, mas em algumas vezes, esse vírus pode causar lesões na região genital e mucosas.

Contudo, na maioria das vezes, essa infecção atinge mais adolescentes e mulheres do que os homens.

Por isso, a vacinação de adolescentes, meninos e meninas entre 11 e 14 anos é bem importante, tornando uma medida eficaz de prevenção.

Sífilis

Já a Sífilis é uma infecção de bactéria nos órgãos genitais, atingindo tanto os homens quanto as mulheres. Pode também infectar a pele, mucosa, coração e o cérebro.

Os sintomas como feridas indolores nos órgãos genitais, língua e lábios podem ser os primeiros sinais da infecção, mas muitas vezes é um IST com sinais silenciosos. Mas é apenas com exame de sangue e imunológico que é feita a identificação da Sífilis.

Herpes Genital

O vírus Herpes simplex é o que causa a Herpes Genital, uma IST altamente contagiosa e com sintomas que podem passar despercebidos. Quando observáveis, as lesões, dores e desconfortos podem ser os sinais da infecção.

Os exames laboratoriais e exames clínicos das lesões ajudam a diagnosticar a herpes genital, que também pode ser prevenida através de vacina.

Hepatites

Os tipos de hepatites como A, B e C podem ser contraídas através do sexo desprovido de preservativo, elas atingem o fígado. Os sintomas podem ser observados semanas após a contaminação, trazendo náuseas, fadiga, vômito e dores abdominais, entre outros.

Para realização do diagnóstico é preciso fazer testes de sorologia e de função hepática.

Gonorreia

A Gonorreia é causada por uma bactéria que infecta o parceiro através do sexo desprotegido e de mãe para o bebê.

Os sintomas como ardência, febre e dores durante as relações sexuais são decorrentes da gonorreia.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui