Argentino radicado no Brasil, Nacho Martin volta às origens em “Volver”

Cantor cai na cumbia argentina em faixa feita em parceria com Master Pe e André Serrano

 

       Foto: Felipe Manorov

Nascido na Argentina, mas de alma brasileira, Nacho Martin retorna às origens no single “Volver”, disponível nos mais variados serviços de streaming e também no YouTube, com um videoclipe especial, produzido pelo próprio Nacho em parceria com a  VPF Sound Records.

O músico realmente fez uma viagem ao passado, pois a faixa teve seu esboço inicial gravado em 2011, porém nunca tinha ido ao ar até então. “Era uma canção que estava guardada na gaveta. Sempre quis inserir esta faixa em algum trabalho, mas nunca sentia que era o momento certo. Essa hora chegou”, explica Nacho Martin.

A música, então, foi feita a várias mãos. Nacho juntou-se a Master Pe e André Serrano, que já colaboraram anteriormente no single “Nesses Tempos Modernos”, para fazer um trabalho de resgate com “Volver”. “O Master Pe conseguiu resgatar os áudios do ukulele e gravou todos os outros instrumentos. O André também participou com um arranjo de violão que coube muito bem na faixa. Gravamos as vozes e estava pronta a mais nova cumbia argentina”, conta Nacho. A capa foi feita por Edu Cursino e ainda conta com foto de Felipe Manorov.

A letra, totalmente em espanhol, não é por acaso. Foi escrita em um período onde Nacho participava do reality show “Os Hermanos Perdidos no Brasil” e precisou fazer uma viagem por todo o Brasil. “Fiquei um mês isolado da minha família, do meu filho e da minha então namorada que hoje é minha esposa. Nos intervalos da viagem eu tocava meu ukulele. A partir da saudade da família comecei a criar esse som”, relembra.

Líder da banda Guantas, Nacho Martin tem se dedicado também à carreira solo. O lançamento de “Volver” sucede os singles “O Tempo”, em parceria com Nilvo Krauze e Edu Z e “Nesses Tempos Modernos”, com Dazê MC, Master Pe e André Serrano.

Sobre Nacho Martin

Nascido em Buenos Aires e radicado em São Paulo, Nacho Martin trabalha com música desde muito cedo. Montou a sua primeira banda em 1998, quando tinha 15 anos de idade. Desde então, sempre esteve presente na cena underground da música alternativa paulista.
Passou a tocar baixo e a fazer backing vocals em diversas bandas de punk rock e hardcore até que, em 2011, descobriu o ukulele e decidiu assumir um projeto próprio. Cantor, compositor e videomaker, Nacho fundou a banda Guantas em 2015 e, a partir desse projeto, decidiu misturar diversos ritmos como o ska, reggae, country e música latina. Desde então foram lançados os álbuns “Guantas”, de 2017 e “Viva la Guantas”, de 2019 (ambos produzidos por Paulo Senoni), além dos singles lançados durante a pandemia: “Contando os Dias”, de 2020 (com produção de Felipe Kim) e “Memória de Elefante”, de 2021 (produzido por Edu Z).

Nacho segue liderando a Guantas e, no ano passado, deu início em sua carreira solo.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui