A Mulher que morreu em acidente na Rodoviária é enterrada nesta quinta(07)

Depois de ser atingida por um carro na Plataforma Superior da Rodoviária, Gisele Boaventura foi arremessada ao Eixo Monumental e não resistiu aos ferimentos. O enterro ocorre nesta quinta-feira (7/7)

Cerca de 70 pessoas prestaram, nesta quinta-feira (7/7), as últimas homenagens a Gisele Boaventura Silva, 54 anos, que morreu tragicamente no acidente que ocorreu nesta quarta-feira (6/7) na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto. Ela foi velada e enterrada no Cemitério Campo da Esperança de Taguatinga, entre 12h30 e 15h.

Márcia Cristina Costa, 49 anos, tinha uma amizade de anos com Gisele. Ela conta que algo que ninguém podia tirar dela era a vaidade. “Era uma pessoa elegantíssima, que sempre se arrumava, andava cheirosa, era muito vaidosa e sempre estava disposta a ajudar”, lembra. De acordo com a amiga, a faxineira, que sempre trabalhou como empregada doméstica e governanta, era uma mulher de muita fibra e trabalhadeira.

Outros amigos que preferiram não se identificar afirmaram que ela era uma pessoa com um ótimo coração, sempre tirava um tempo para ir à igreja aos domingos e ajudar quem precisasse. Segundo uma das colegas, Gisele morou a vida inteira na QNJ e tinha se mudado há pouco tempo para a QNL.

Mulher que morreu em acidente na Rodoviária é enterrada.
Mulher que morreu em acidente na Rodoviária é enterrada.(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

 

Sobre o acidente

Gisele Boaventura esperava um ônibus quando foi atingida por um Kadett na Plataforma Superior da Rodoviária, sendo arremessada ao Eixo Monumental. O motorista que conduzia o carro é Ronaldo Soares Costa, 54, morador do Jardim Ingá (GO), no Entorno do Distrito Federal. A mulher teve os pés e uma das pernas decepadas no acidente.

O motorista do Kadett relatou à polícia que sofreu um mal súbito, desmaiou ao volante e só recobrou a consciência momentos depois da tragédia. “Uma mulher saiu do carro falando que o motorista estava passando mal. Realmente, quando olhei, ele estava dando uma convulsão”, contou Vaneide Antunes, 35, que presenciou o ocorrido. Outras quatro pessoas, inclusive uma bebê de 5 meses, também foram atingidas pelo carro de Ronaldo Soares.

O delegado-chefe da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), Gleyson Mascarenhas, afirmou que o caso segue em investigação. Nos próximos dias, os investigadores vão analisar imagens das câmeras de segurança da região, colher depoimentos de testemunhas e aguardar os laudos.

 

  • Enterro Gisele Boaventura Silva, mulher que morreu em acidente na Rodoviária, ocorre nesta quinta
    Enterro Gisele Boaventura Silva, mulher que morreu em acidente na Rodoviária, ocorre nesta quinta Foto: Ed Alves/CB/DA Press

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui