Professora do DF cria vaquinha para tratar câncer no colón. Veja como ajudar

0

O valor arrecadado cobre apenas parte dos custos, enquanto a família busca recursos para fazer o tratamento completo

 

Mãe de dois filhos, a professora do Centro de Ensino Fundamental 316 de Santa Maria, Ana Lúcia Oliveira Silva (foto em destaque), 55 anos, luta contra o câncer de colón desde o ano passado. Após passar por cirurgia e quimioterapia, ela precisa tomar uma medicação chamada Regorafenibe, que não é fornecida pelo SUS e é de alto custo.

Para tornar o tratamento possível, a educadora, junto à família, resolveu criar uma vaquinha on-line para arcar com o tratamento, avaliado em R$ 80 mil.

Em agosto, Ana foi informada pelos médicos que os tratamentos não estavam fazendo efeito, e por esse motivo não dariam continuidade, pois o tumor inicialmente no cólon progrediu para o fígado e para os dois pulmões. A medicação de R$ 80 mil, então, tornou-se o único meio.

De acordo com o Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF), a vaquinha ajudaria momentaneamente, porque o valor cobre apenas parte do tratamento enquanto a família busca recursos para fazer a intervenção completa.

“Neste momento difícil, toda ajuda é bem-vinda. Ajude com qualquer quantia e compartilhe esta mensagem com o maior número de pessoas”, informou o Sinpro-DF.

Até às 17h desta terça-feira (31/8), cerca de R$ 4 mil havia sido arrecadado. Quem tiver interesse em ajudar, as contribuições podem ser realizadas aqui.

anuncio patrocinado
Anunciando...