Telescópio espacial conclui testes antes de rumar à base de lançamento

0

Espera-se que as operações científicas do sucessor do telescópio espacial Hubble, em órbita há 31 anos, comecem aproximadamente seis meses após o seu lançamento

 

O telescópio espacial James Webb concluiu os testes finais nos Estados Unidos, preparando-se para uma viagem de cerca de dois meses por mar até à Guiana Francesa, de onde deverá ser lançado para o espaço este ano.

O anúncio foi feito hoje em comunicado pela Agência Espacial Europeia (ESA), parceira da operacionalização do telescópio, a par das congêneres norte-americana NASA e canadense CSA.

Os testes, concluídos “com sucesso”, foram feitos nas instalações da empresa aeronáutica Northrop Grumman, na Califórnia, e “as operações de embarque já começaram”, indica a ESA no comunicado, sem precisar a data de lançamento, apenas mencionando que será “ainda este ano”.

De acordo com informações anteriores, e após sucessivos adiamentos, o lançamento do James Webb, com o qual os astrônomos esperam obter mais dados sobre os primórdios do Universo, incluindo o nascimento das primeiras galáxias e estrelas, está previsto para 31 de outubro.

O telescópio, o maior e mais potente telescópio espacial, será lançado da base da ESA de Kourou, na Guiana Francesa, a bordo de uma nave de fabricação européia Ariane 5, cujos componentes já seguiram viagem por mar.

Espera-se que as operações científicas do sucessor do telescópio espacial Hubble, em órbita há 31 anos, comecem aproximadamente seis meses após o seu lançamento.

Um dos instrumentos do James Webb, que deve o seu nome a um antigo dirigente da NASA, teve o contributo científico da portuguesa Catarina Alves de Oliveira, que trabalha no centro da ESA para a ciência espacial, na Espanha.

anuncio patrocinado
Anunciando...