Padrasto é suspeito de espancar menina de 3 anos até a morte na PB

0

A Polícia Militar foi acionada por um funcionário do hospital e conseguiu capturar o suspeito

 

 

Uma criança vítima de agressões físicas morreu na tarde deste domingo (15) no hospital regional de Cajazeiras, Sertão da Paraíba. O principal suspeito de ser o autor da violência é o padrasto da vítima. Ele teria deixado a manina, de apenas 3 anos, na unidade de saúde e fugido em seguida. A Polícia Militar foi acionada por um funcionário do hospital e conseguiu capturar o suspeito.

A menina deu entrada no hospital por volta das 14h, ainda com vida, mas não resistiu e veio a óbito. Ela foi identificada como Ana Laura Tavares Bandeira e tinha hematomas pelo corpo, o que chamou a atenção da equipe médica. A informação foi repassada paara uma equipe da Força Tática que conseguiu localizar o padrasto, que tem 22 anos.

Questionado pelos policiais, o homem acabou confessando que causou hematomas na crianças, afirmando  que estava brigando com sua companheira enquando ela estava com a menina no colo e um soco acabou acertando a criança. A versão foi negada pela mãe, que tem 24 anos de idade. Em depoimento ela disse que o companheiro estava no quintal com sua filha e depois de muito tempo apareceu dizendo que a menina tinha caído do colo e bateu a cabeça no chão.

O padrasto foi levado à delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras, juntamente com a mãe da criança. Ambos foram ouvidos e estão à disposição da Justiça.

anuncio patrocinado
Anunciando...