De Brasília para o mundo: Autora da capital lança livro sobre escrita terapêutica

0

A nova obra também estará disponível em inglês e espanhol

Diante do cenário de incertezas causado pela pandemia, a cientista social, escritora e terapeuta Lella Malta lança nova obra para democratizar a escrita terapêutica com exercícios para praticar no dia a dia. É um espaço de acolhimento em tempos tão difíceis e que traz temáticas diversas, como: luto, autoestima, perdão, autocuidado, maternidade, sexualidade e envelhecimento.O livro: “30 Dias de Escrita Terapêutica” já está disponível na Amazon.

Segundo a terapeuta especialista em escrita expressiva, em uma página em branco, é possível organizar emoções e construir uma identidade própria. “A escrita é um antídoto para os nossos medos. Ao entender o nosso mundo interior fazendo uso das palavras, abraçamos com generosidade quem somos e tiramos o poder e a voz daquele crítico interno que não nos permite ir além. Escrever acaba por nutrir a reflexão sobre quem somos e como podemos encarar a vida”, afirma a escritora.

A obra traz uma sequência de 30 exercícios para quem deseja adotar a prática. “Escrever é só um amontoado de palavras se você não doa seu tempo, sua energia e suas emoções para o papel. Encare esta oportunidade como a abertura de um canal de escuta consigo mesma”, ressalta Lella.

Segundo a autora, a prática melhora o humor e o bem-estar. “Escrever é um poderoso exercício de autoexpressão, nos ajuda a organizar sentimentos e ideias, manifesta emoções reprimidas e faz uso da catarse como ferramenta para uma mudança terapêutica positiva. É um recurso poderoso, mas também simples e democrático, no longo e árduo processo que é o autoconhecimento”, explica.

De Brasília para o mundo

A autora brasiliense também está expandindo para o mercado internacional. Lella vai lançar o novo livro “30 Dias de Escrita Terapêutica” em versões inglês e espanhol. O livro já está disponível pelo link: https://amzn.to/371IXqq

Sobre Lella Malta

É cientista social, escritora, preparadora literária, educadora e terapeuta de escrita expressiva. Focada na saúde mental das mulheres, se dedica ao estudo da psicanálise e da psicologia positiva. Autora de três livros, os romances: “Qual é o nome da vez?” e “Você tem fama de quê?”. Além de uma obra autobiográfica que retrata a realidade de pessoas que lidam com a ansiedade: “Prazer, Paniquenta: Desventuras Tragicômicas de Uma Ansiosa”

anuncio patrocinado
Anunciando...