Vela: Martine e Kahena conquistam ouro em Tóquio e são bicampeãs olímpicas

0

Brasileiras cruzaram em terceiro lugar na regata da medalha, o que foi suficiente para garantir o primeiro lugar do pódio. As atletas repetem o feito da Rio-2016, quando também ganharam ouro.

 

 

Após ser cancelada por falta de vento, a regata da medalha da classe 49erFX dos Jogos Olímpicos de Tóquio aconteceu no início da madrugada desta terça-feira (3/8) e consagrou o bicampeonato olímpico de Martine Grael e Kahena Kunze. Ao chegar em terceiro na regata da medalha, as brasileiras fecharam a competição com 76 pontos perdidos, sete a menos do que as segundas colocadas, e ficaram em primeiro lugar do torneio.

Na vela, quem perde menos pontos, vence. A prata ficou com as alemãs Tina Lutz e Sussan Beucke, com 83 pontos perdidos, e o terceiro lugar foi para as holandesas Annemiek Bekkering e Anette Duetz, com 88.

Antes de chegar na regata da medalha, que vale pontuação em dobro, as brasileiras estavam ameaçadas pelas holandesas e pelas alemãs. Após 12 regatas disputadas, Martine e Kahena chegaram na regata com medalha com 70 pontos perdidos, empatadas com as holandesas, que tinham vantagem pelos critérios de desempate. O terceiro lugar era ocupado pelas alemãs, com 73 pontos.

Mas Martine e Kahena fizeram uma prova final tranquila a assumiram a ponta da corrida e se mantiveram à frente das rivais diretas pelo título.

A medalha de ouro das brasileiras mantém a tradição que o Brasil tem em subir no pódio da modalidade. Ao todo, são 19 medalhas olímpicas na vela, sendo que oito são de ouro. Duas delas são inclusive de Martine a Kahena.

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio:

anuncio patrocinado
Anunciando...