Alunos proibidos de usarem shorts no calor vestem saias para protestar

0

Caso ocorreu na Inglaterra. Adolescentes querem o direito de usar a peça mais leve em meio às altas temperaturas — o país emitiu alerta contra risco de queimaduras e exaustão

 

Cerca de 12 adolescentes de uma escola de ensino fundamental da Inglaterra contestaram a política de uniformes da instituição ao usarem saias em protesto contra uma proibição de usarem shorts nas aulas, na quarta-feira (20/7). Os alunos do 10º ano da Poltair School, em Cornwall, foram advertidos por utilizarem o vestuário mesmo com temperaturas acima de 30ºC. Para os garotos, a política é “desatualizada”.

O líder do movimento é Adrian Copp, 15 anos, que deu a ideia de ele e dos colegas não apenas para que os meninos tenham direito à shorts, mas também as meninas, que são obrigadas a usar saias.

“Só queremos que todos tenham a opção de usar algo neste calor, inclusive as garotas. Professores nos apoiaram e teve alunos do 8º ano que nos aplaudiram”, contou, ao jornal Daily Mail UK. “Eu definitivamente achei muito mais legal. É realmente desconfortável usar calças neste calor”, afirma.

De acordo com o adolescente, a escola não determina, no regulamento de uniformes, qual é o gênero que pode utilizar saias. No entanto, a diretoria penalizou os alunos ao notar a “irregularidade”, uma decisão que logo foi revogada.

“Fomos retirados das aulas e banidos da socialização por 24 horas, mas fomos dispensados porque não conseguiram encontrar nada para nos culpar. Não quebramos nenhuma regra”, diz. Adrian e os colegas planejam continuar a usar a peça, até que haja mudanças na política.

A mãe do garoto, Donna, diz que a discussão sobre o uso de shorts dura muito tempo e que a regra não valia para os outros anos de ensino. “Quando ele foi para a escola primária, ele usava shorts sem problemas. Mas, por alguma razão, não foi permitido nas escolas secundárias. Tem sido uma batalha contínua por alguns anos”, diz.

Por este motivo, ela apoiou totalmente o plano de Adrian. “Quando ele teve a ideia no fim de semana, teve todo meu apoio. O ideal seria abrir para as meninas usarem shorts também. Algumas garotas não se sentem confortáveis em usar saias, então isso é sobre todos os alunos”, conta.

A escola foi contatada pelo Daily Mail UK, mas não comentou o assunto.

Na segunda-feira (20/7), a Agência de Saúde Pública da Inglaterra emitiu um alerta para a população para que fiquem longe da exposição ao sol entre as 11h e as 15h, a fim de evitar queimaduras e exaustão.

anuncio patrocinado
Anunciando...