Idosa japonesa é presa pelo assassinato de 7 maridos

0

Dona Chisako, de 74 anos, acumulava as heranças após as mortes

 

 

Uma idosa japonesa, de 74 anos, foi condenada à morte pelo assassinato de 7 maridos. Por meio de aplicativos de namoro, dona Chisako conheceu alguns homem com quem se casou, mas que morreram de formas similares. Mais tarde, a polícia descobriria que todos foram envenenados, graças a um erro de cálculo: o último companheiro da idosa passou mal e foi parar no hospital após a ingestão do veneno. Ao investigar dona Chisako, peritos encontraram vestígios de cianeto por toda a casa. Ao ser presa, a idosa já havia acumulado R$ 50 milhões das heranças.

 

anuncio patrocinado
Anunciando...