Como separar as despesas pessoais das profissionais?

0

 

Saber como separar as despesas pessoais das contas da empresa é um conhecimento que deve estar enraizado para que você tenha uma perspectiva ampla se o seu negócio está crescendo e tendo lucro.

 

A verdade é que fazer essa separação entre contas pessoais e profissionais pode fazer total diferença na saúde do seu negócio.

 

Imagine que você saiu com amigos para ir a um restaurante e todos fazem os pedidos na mesma comanda de controle.

 

Geralmente, na hora de pagar a conta, sempre acaba tendo uma pequena confusão para calcular o que cada um precisa pagar, não é mesmo?

 

Quando você mistura as suas finanças pessoais e o dinheiro da sua empresa na mesma conta, a lógica fica parecida com a da comanda.

 

Vamos levar em consideração o dono de uma empresa de descarte de resíduos. É extremamente importante que ele tenha o controle de entradas e saídas para saber como está andando a saúde da empresa.

 

Essa lógica se aplica também para qualquer outra empresa. Quando as finanças pessoais e profissionais começam a ser misturadas, a probabilidade de ter algum problema é muito grande.

 

Pensando nisso, preparamos este conteúdo com algumas dicas de como separar as despesas pessoais das profissionais. Vamos lá?

Faça uma análise financeira

Para conseguir realizar a sua organização financeira, é necessário fazer o registro de qual o lucro que o seu negócio está tendo por mês, além de também saber quanto você gasta com suas despesas pessoais.

 

Para fazer isso, você pode criar tabelas individuais com cada um dos gastos e também com quanto sua empresa está lucrando e também de despesas que ela tem.

 

Para explicar melhor, vamos pensar em uma empresa de gerador de energia. O dono dessa empresa deve se atentar com os valores investidos com fornecedores, marketing, divulgação, além do lugar para guardar os geradores.

É sempre importante que, ao criar essa tabela de gastos, você tenha em mente as despesas fixas e também as despesas variáveis, afinal, ninguém gosta de ser pego de surpresa quando falamos de gastos financeiros, não é mesmo?

 

E é sobre isso que vamos falar no próximo tópico.

Separe um valor para emergências

É fato que sempre podemos ter algum imprevisto, certo? Por esse motivo, é muito importante que você tenha um valor reservado para esse tipo de emergência.

 

Algo que pode ajudar é ter contas bancárias, por exemplo. Desta forma, você saberá quanto tem para os seus gastos pessoais e o valor disponível para sua empresa de etiquetas personalizadas, por exemplo.

 

Lembrando sempre que é muito importante você ter duas reservas financeiras. Uma para imprevistos pessoais e outra para emergências que podem acontecer dentro da sua empresa.

Poupe uma parte da sua renda mensal

Como falamos no tópico anterior, para prevenir confusões entre as despesas pessoais e profissionais, é fundamental que o empreendedor esteja com uma poupança pessoal.

 

Por isso, separe sempre uma parte da sua renda para que ela seja guardada e utilizada apenas para seus objetivos de curto, médio e longo prazo. 

 

De início, você pode guardar entre 10% e 30% do que recebe como pagamento da sua organização.

 

E aí, está pronto para melhorar a sua vida financeira pessoal e a da sua organização?

 

Este conteúdo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

anuncio patrocinado
Anunciando...