O GDF vai iniciar vacinação sem agendamento para pessoas acima de 37 anos

0

92.323 doses que estão a caminho da capital serão utilizadas para vacinar as pessoas de 37 a 49 anos, na próxima semana

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) deverá ampliar a vacinação contra a Covid-19 na próxima semana, para atender às pessoas acima de 37 anos. Até a quinta-feira (22), o governo local irá receber 92.323 doses de vacinas. As informações foram divulgadas durante a coletiva de imprensa do GDF sobre as ações de combate à pandemia.

De acordo com o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, as doses que estão a caminho da capital serão utilizadas para vacinar as pessoas de 37 a 49 anos, sem que seja necessário o agendamento.

Segundo Rocha, o governador Ibaneis Rocha (MDB) autorizou a ausência de agendamento para essa faixa etária.

“As pessoas com 37 anos ou mais, a partir dessa nova remessa, serão vacinadas sem agendamento nos postos aqui do DF”, informou. Segundo ele, a Secretaria de Saúde vai divulgar as datas e locais de atendimento para essa nova fase.

Outras 48.088 doses chegarão ao DF e serão destinadas à aplicação da segunda aplicação. Atualmente, todas as primeiras doses estão reservadas para atender o público alvo de 40 a 49 anos, que agendaram o atendimento na última semana.

Ausentes na Libertadores

Apesar de flamenguista, Gustavo Rocha disse que não assistirá a partida de seu time, o Flamengo, contra o Defensa Y Justicia, amanhã, no estádio Mané Garrincha, pelas oitavas de final da Libertadores. “Sou flamenguista, mas não vou ao jogo”, disse. As condições para ter acesso ao estádio mudaram duas vezes em menos de uma semana. A primeira regra expedida era que só poderia entrar no Mané Garrincha quem estivesse completamente imunizado e apresentasse teste de covid feito nas 48 horas antes da partida. No dia 16, sexta-feira, a regra foi alterada. Poderá acompanhar a partida qem estiver completamente vacinado ou apresentar o teste feito há no máximo 48 horas. “Sou botafoguense, gosto de futebol, mas tenho agenda com a minha equipe e não vou ao jogo”, explicou Okumoto.

O GDF segue com a vacinação de pessoas vulneráveis – aqueles que não têm acesso à internet para agendamento ou aos demais meios de comunicação que informem sobre o processo de vacinação. Segundo o secretário de Saúde, até o momento já foram vacinadas 5.191 pessoas nessas condições. A campanha, feita de forma itinerante, começou na Ponte Alta, no Gama, no dia 07 de julho. Nos dias 11, 12 e 13, será vez do Varjão e nos dias 03, 05 e 06 de agosto, no Paranoá.

anuncio patrocinado
Anunciando...