Em vídeo homem relata ter sido expulso de rodízio por “comer demais”

0

No vídeo, que viralizou, João Carlos diz que comeu 14 pratos, mas foi impedido de continuar; restaurante diz que postagem foi uma brincadeira do pintor

 

Prejuízo? Um homem foi expulso de um rodízio de massas em um restaurante de São Paulo nesta terça-feira (13/7) por “comer demais”. De acordo com o pintor João Carlos Apolonio, ele repetiu a refeição 14 vezes, quando foi servir a 15ª ele foi impedido por funcionários do restaurante.

Um vídeo dele contado o ocorrido viralizou nas redes sociais. “Os caras mandaram eu parar só por causa disso aqui ó: eu comi 14 pratos”, disse rindo mostrando a mesa cheia de pratos sujos.

Segundo ele, o restaurante ainda devolveu os R$ 19,90 pagos por ele para participar do rodízio e pediu para que ele fosse embora. “Isso daí não se faz não. To pagando. Me botaram para correr. O cara falou que não vai me servir mais não”, disse se divertindo com a situação.

Após a repercussão, João Carlos decidiu desafiar o restaurante novamente. Ele voltou ao estabelecimento nesta quinta-feira (15/7) e consumiu nada menos que 23 pratos. “Esse é o resultado de me deixar comer a vontade, ó”, disse.

A rede de fast food Ragazzo informou que entrou em contato com João Carlos e ele disse que foi uma “brincadeira” e que não teria sido expulso do restaurante. “O Ragazzo informa que entrou em contato com o Sr. João Carlos Apolonio, cliente assíduo da unidade Gentil de Moura, na região do Ipiranga, para esclarecer o ocorrido. O caso não passou de uma produção de conteúdo para as redes sociais particulares do cliente, que em momento algum foi distratado ou incentivado a deixar o restaurante pela equipe de operações da rede”, diz a nota.

anuncio patrocinado
Anunciando...