Trancada em apartamento, mulher escreve bilhete pedindo socorro

0

Na mensagem, a vítima escreveu: “Estou trancada! Aqui está cheio de arma! Hoje já houve agressão! Ele tem problemas psiquiátricos também!”

 

Uma mulher, de 30 anos, foi salva pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), após escrever um bilhete e colocar debaixo da porta do apartamento onde estava trancada, na 316 Norte. O caso aconteceu na noite dessa terça-feira (29/6).

Por volta das 22h30, os policiais receberam uma ligação da mulher pedindo socorro. A vítima relatou que era mantida em cárcere privado pelo companheiro, de 62 anos. Ao chegarem no apartamento, os policiais bateram na porta, mas ninguém abriu.

Depois de algumas tentativas, um papel foi jogado por baixo da porta. Na mensagem, a mulher escreveu: “Estou trancada! Aqui está cheio de arma! Hoje já houve agressão! Ele tem problemas psiquiátricos também!”.

Com a gravidade da situação, um negociador do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionado. Porém, minutos depois, um homem apareceu na porta e alegou que estava tudo bem. Mesmo assim, os policiais entraram na casa e detiveram o idoso.

Segundo consta na ocorrência da PMDF, a mulher estava no sofá e indicou onde o homem mantinha várias armas que, segundo ela, eram usadas para ameaçá-la, caso tentasse sair ou entrar em contato com alguém. A equipe apreendeu simulacros de armas de fogo e airsoft.

A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) e será apurada como cárcere privado e violência contra a mulher.

anuncio patrocinado
Anunciando...