Irmão de Valdemiro, bispo Vanderley Santiago morre de covid-19 em SP

0

Bispo Vanderley Santiago faleceu um dia após buscar atendimento médico. Internautas criticaram Valdemiro por vender produtos milagrosos, como sementes de feijão, que não funcionam no tratamento da doença

 

O bispo Vanderley Santiago, 53 anos, da Igreja Mundial do Poder de Deus morreu de covid-19 nesta segunda-feira (28/6), em São Carlos (SP). Ele é irmão do apóstolo Valdemiro Santiago, investigado por estelionato pelo Ministério Público após vender sementes de feijão com “poderes” de cura da doença, em 2020.

Vanderley recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19 em 16 de junho, mas foi infectado antes do imunizante agir no organismo. De acordo com a Prefeitura de São Carlos, ele foi atendido no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho no domingo (27/6) e logo após foi transferido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Felícia. Lá, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu.

O sepultamento de Vanderley foi feito na tarde desta terça-feira (29/6) no Cemitério Nossa Senhora do Carmo, em São Carlos.

O religioso era casado havia 28 anos com Otanilde Santiago, com quem teve uma filha, Vanderléia Santiago. As duas, o irmão Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus não se pronunciaram sobre a morte.

Internautas criticam falsa promessa de cura de irmão de Vanderley

Nas redes sociais, a notícia da morte foi recebida com críticas sobre a venda de medicamentos milagrosos, em referência à venda dos “feijões mágicos” contra a doença causada pelo novo coronavírus. “Amuletos, assim como cloroquina e afins, não curam a covid”, escreve um usuário. “Pelo visto feijão de mil reais em casa não faz milagre”, comentou uma mulher.

“Lamento a morte, porém que aprendam a não abusar da fé dos outros, charlatões”, desabada outro usuário.

anuncio patrocinado
Anunciando...