O que se sabe sobre desabamento de prédio que deixou 1 morto e 51 desaparecidos em Miami

0

O colapso ocorreu por volta das 2h, no horário local, e afetou a parte de trás do Chaplain Towers, um condomínio de 12 andares e 100 apartamentos à beira-mar

 

Uma grande operação de resgate está em andamento no condado de Miami-Dade, na Flórida (EUA), depois que um prédio residencial de 12 andares desabou parcialmente na manhã desta quinta-feira (24/06).

Pelo menos uma pessoa morreu e várias ficaram feridas. As equipes de resgate estão procurando sobreviventes nos escombros. As autoridades brasileiras não têm conhecimento de nenhum brasileiro entre as vítimas ou desaparecidos.

Cinquenta e uma pessoas que supostamente moravam no prédio não foram encontradas e ainda estão desaparecidas, afirmou o comissário do condado, Jose Diaz.

Na área, totalmente isolada, estão reunidas várias pessoas que procuram informações sobre seus familiares.

O colapso ocorreu por volta das 2h, no horário local (3h no horário de Brasília), e afetou a parte de trás do Chaplain Towers, um condomínio de 12 andares e 100 apartamentos à beira-mar, construído em 1981.

Várias testemunhas descreveram à BBC Mundo que ouviram um grande rugido naquele momento.

Ainda não está claro quantas pessoas estavam dentro do prédio no momento.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, anunciou que viajará para visitar o local até o fim do dia. “Estamos nos preparando para algumas más notícias apenas por causa da destruição que estamos vendo”, alertou.

Edificio colapsado en Miami

Getty Images
Edifício que desabou em Miami

Miami Beach Police
A polícia de Miami Beach tuitou uma foto do prédio desabado

Dezenas de caminhões de bombeiros e veículos de resgate foram enviados ao local do acidente.

Equipes de resgate retiraram 35 pessoas dos escombros, segundo as autoridades. Dez receberam tratamento e duas foram encaminhadas ao hospital.

“A parte de trás do prédio, provavelmente um terço ou mais, está destruída”, disse o prefeito de Surfside, Charles Burkett, em entrevista coletiva à imprensa.

Burkett acrescentou que a causa do desabamento ainda é desconhecida.

Surfside fica na Collins Avenue, ao norte da fronteira da cidade de Miami Beach.

“Parecia um terremoto”

Um homem que estava passeando com os irmãos dele e um cachorro descreveu o barulho quando o prédio desabou.

“Basicamente, ouvimos um estrondo e pensamos que era uma moto. Nos viramos e vimos uma nuvem de poeira subindo”, disse ele à CBS Miami.

“Nós pensamos ‘o que está acontecendo?’ Corremos até lá com nossas camisas e máscaras no rosto, e perguntamos ‘o que aconteceu?’. E nos disseram que o prédio havia desabado.”

“Parecia algo como o 11 de Setembro”, disse outro homem à CNN, referindo-se aos ataques que derrubaram as Torres Gêmeas em Nova York em 2001.

Santo Mejil, de 50 anos, acordou quando a esposa dele ligou de uma unidade no nono andar de um dos três prédios que compõem as Torres Champlain. Ela é uma cuidadora noturna de uma idosa com deficiência.

Prédio que caiu desabou parcialmente em Miami

Getty Images
Autoridades brasileiras não têm conhecimento de nenhum brasileiro entre as vítimas do desabamento

“Ela disse que ouviu uma explosão”, disse Mejil ao Miami Herald. “Parecia um terremoto.” A esposa dele está entre os resgatados.

“O prédio tremeu e então eu olhei pela janela e não conseguia enxergar nada. Pensei que fosse uma tempestade”, disse um morador do prédio vizinho à CBS.

“Quando a poeira baixou, os dois terços dos fundos do prédio haviam sumido, eles estavam no chão.”

Residentes e parentes de moradores do complexo de prédios

Getty Images
Operação de resgate busca sobreviventes nos escombros de um edifício residencial de 12 andares que desabou parcialmente em Miami-Dade

 

 

 

anuncio patrocinado
Anunciando...