Fernando, ex-zagueiro do Vasco e responsável pelo milésimo gol de Pelé, morre em Maricá aos 73 anos

0

Ex-jogador passou os últimos 50 anos vinculado ao lance, mas alegava erro de arbitragem; atualmente comandava projeto social de futebol

 

Fernando Silva faleceu na noite do último sábado (5) após sofrer um infarto fulminante em casa, aos 73 anos de idade. O ex-zagueiro, revelado pela Juventus-SP, ficou marcado na história como o responsável pelo milésimo gol de Pelé em Vasco x Santos de 1969. Ele administrava um projeto de futebol para crianças carentes na cidade litorânea de Maricá, no Rio de Janeiro.

Apesar de ser lembrado por cometer o pênalti em Pelé quando defendia a camisa cruz-maltina, Fernando sempre atribuiu a marca histórica do Rei a um possível erro de arbitragem. O ex-jogador, que revelou ter demorado a superar o lance que marcou sua carreira, encerrou a vida em paz com o ocorrido, mesmo sempre afirmando que não houve penalidade.

– O Pelé sabe que não foi pênalti, ele deixou o corpo de propósito para cair. Lembro que todas as vezes nas quais a gente se enfrentou depois, eu dizia: “pô, Pelé, não foi nada naquele pênalti do gol mil, né?!”. Mas é aquela coisa, de jogo marcante, que fica para a posteridade, comentou o ex-jogador em entrevista ao LANCE! em 2019.

Depois da passagem pelo Vasco, Fernando também jogou no Vitória e Bahia, times em que se destacou e foi campeão. Quando se aposentou, foi morar em Maricá, na baixada litorânea do Rio de Janeiro, e lá comandava um projeto social de futebol que nos anos finais de sua vida foi abraçado pelo América-RJ. Ao falar da iniciativa, dizia que enxergava o esporte como lazer e alternativa de vida para jovens de baixa renda.

O sepultamento ocorreu no último domingo no Cemitério Municipal de Maricá.

anuncio patrocinado