Feminicídio: mulher de 35 anos é morta pelo ex-companheiro, em Planaltina cidade satélite perto do DF

0

Leidenaura Moreira morreu no hospital regional da cidade, onde deu entrada após levar uma com facada no pescoço. Autor do crime, Junio Valdemir foi preso em flagrante

 

 

Uma mulher de 35 anos morreu vítima de feminicídio, em Planaltina, na noite deste domingo (6/6). Leidenaura Moreira Rosa da Silva foi assassinada com uma facada no pescoço, no bairro Estância Mestre D’Armas. O autor do crime, Junio Valdemir, 31, ex-companheiro dela, foi preso em flagrante e levado para a 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

A Justiça havia concedido medidas restritivas em favor da vítima, devido a agressões anteriores por parte do acusado. Os dois haviam se separado, mas Junio costumava frequentar a casa da ex-companheira. Socorrida ao Hospital Regional de Planaltina (HRPl) depois do ataque, que aconteceu por volta das 14h, Leidenaura não resistiu aos ferimentos e teve uma parada cardíaca pouco depois das 20h.

Inicialmente, o caso foi registrado na 16ª DP como tentativa de feminicídio. No entanto, com a morte da vítima, a polícia deve alterar o registro da ocorrência para tipificar o assassinato em razão de gênero. Leidenaura deixa seis filhos. Cinco deles eram órfãos de pai — morto há oito anos em um acidente de carro no Lago Sul.

anuncio patrocinado