Trabalhadores informais sofrem com as duras perseguições em vídeo uma ação contra venda ilegal no DF tem discussão é mulher algemada

0

Homem pede que abordagem seja feita por policial feminina. Segundo DF Legal e PMDF, vendedora atacou auditores com barra de ferro

 

Uma ação da Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) com apoio da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) terminou em confusão na manhã desta terça-feira (1º/6), no Jardim Botânico. Ao ser presa por vender produtos em local irregular, uma mulher resistiu à abordagem policial. Os militares tiveram dificuldade em conter a vendedora e algemá-la.

A ação foi gravada por um homem que acompanhava a mulher. A todo momento, ele protesta contra a abordagem, argumentando que uma PM que acompanhava a ação deveria realizar a prisão. Por fim, a ambulante senta no chão, quando é algemada. Em seguida, ela foi levada para a 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião).

Veja:

Segundo a DF Legal, a ambulante foi multada em R$ 3.816,96. Em nota, a pasta afirmou que a vendedora teria atacado os fiscais da secretaria. “Ao se aproximarem, os auditores da DF Legal foram desacatados e ameaçados, sendo protegidos pela Polícia Militar, que dava apoio à operação. A mulher foi abordada pelos militares e reagiu com mais agressões”, disseram.

A PMDF afirmou que prestava apoio para a DF Legal quando viu a mulher pegar uma barra de ferro e ameaçar os fiscais. “Os policiais tentaram contê-la, mas ela resistiu. Inclusive, continuou resistindo até enquanto era algemada.”

anuncio patrocinado