A SEGUNDA CULTURAL DO AÇOUGUE T-BONE ONLINE E TOTALMENTE GRATUITA VAI TER MAIS UMA EDIÇÃO DIA 31 DE MAIO

0

 

 

Um programa especialmente dedicado dedicado à celebração da cultura brasiliense contemporânea.

 

O tradicional projeto surge reinventado, promovendo lives para acolher e valorizar a produção dos artistas brasilienses dos mais diferentes segmentos.

 

*Música, dança, exposição e sarau poético

 

Após um ano e dois meses fechado, o Espaço Cultural T-Bone reabre suas portas de forma distinta e convida o público brasiliense a assistir à exibição on-line da Segunda Cultural, agora em formato de lives, transmitidas diretamente do próprio espaço. Sarau de música e poesia, exposições de artes visuais e apresentações teatrais se misturarão numa programação variada, que promoverá a cultura e a arte da capital federal. Toda essa festa começou no dia 8 de março, e segue até o mês de junho, com programas quinzenais, exibidos pelo canal T-BONE Cultural, no YouTube.

 

A novidade encerra o ciclo adormecido do famoso Açougue Cultural T-Bone, silenciado pela pandemia do COVID-19. Há mais de duas décadas, o projeto transforma a entrequadra 312/313 norte num lugar fervilhante, considerado símbolo da cultura brasiliense, consagrado pela valorização e promoção dos artistas locais, pelos shows gratuitos a céu aberto e pela presença de milhares de pessoas, de todas as idades e classes sociais.

 

A Segunda Cultural Online foi a fórmula encontrada para prosseguir com as atividades culturais, como forma de resistência e união e, como o título revela, acontecerá às segundas-feiras, quinzenalmente, entre os meses de março e junho, totalizando 09 programas.

 

HISTÓRIA

 

O Açougue Cultural T-Bone completa 24 anos de uma trajetória empenhada em promover, reconhecer e valorizar a arte e a cultura do Distrito Federal, tendo à frente o baiano Luiz Amorim, que chegou à capital na infância. Luís foi alfabetizado aos 16 anos, leu o primeiro livro aos 18, trabalhou de vigia e engraxate, antes de ser contratado por um pequeno açougue da 312 Norte, do qual passou a ser proprietário em 1994.

 

Sua primeira ação cultural, a pequena biblioteca comunitária na entrequadra 712/713, nasceu a partir de uma estante dentro do açougue, com apenas dez livros. Depois dela, uma série de projetos se concretizaram, entre os quais a Biblioteca Popular (instalada em paradas de ônibus da Avenida W3 Norte), o Sede de Cultura (para crianças e adolescentes da Cidade Estrutural), o Viva o Livro, o Encontro de Escritores e a Bienal de Poesia.

 

O projeto Noite Cultural T-Bone é o de maior destaque, tendo trazido a Brasília alguns dos maiores nomes da música popular brasileira, como Paulinho da Viola, Milton Nascimento, Erasmo Carlos, Zé Ramalho, Alceu Valença, Elba Ramalho, Marina Lima, Zélia Duncan, Os Mutantes, Amelinha, Jorge Benjor, Sandra de Sá, dentre tantos outros. Além disso, o evento compõe o Calendário Cultural Oficial do Distrito Federal.

 

 

PROGRAMA 07

31 de maio – dedicado à celebração da cultura brasiliense contemporânea

 

Música – Dj Ops

Ops é cantor e compositor, ator e DJ. Com mais de 15 anos de carreira e pelo menos 10 turnês internacionais, hoje se dedica ao trabalho solo, com o qual lançou os álbuns “Não Tá Tudo Bem (2017)”, “Lindo Mundo Feio (2019)” e o single “Novo Normal (2020)”. Também já se apresentou no showcase oficial do festival MIL Lisboa, na noite SIM São Paulo, Festival COMA e Picnik em Brasília. Nesta ocasião, apresenta parte de seu repertório em voz e violão, com canções populares reflexivas, denunciativas e que fazem um convite para a mudança. Um alarme delicado.

 

 

Exposição – Cirilo Quartin

Cirilo Quartim destaca-se com ações e pesquisa nas áreas da intervenção urbana, desenho, pintura, computação gráfica, instalações, objetos e, principalmente, na fusão dessas linguagens. Quartim ganhou o “Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012” e, além de participar e promover ações extra-muros, integrar mostras nacionais e internacionais, sua obra também está presente em acervos públicos, a exemplo das coleções Caixa Cultural e Museu Nacional da República. Recentemente participou de mostras como “Não Matarás”, “ACT – Arte, Ciência e Tecnologia”, “Onde Anda a Onda II e III”, “Obranome” realizada no mosteiro de Alcobaça em Portugal, dentre outras de relevância nacional e internacional.

 

Sarau Poético com Vanderlei Costa e André Giusti

Vanderlei Costa, natural de Patos de Minas, MG, veio para Brasília em 1977, mas foi a partir de 2008 que iniciou suas atividades artísticas e culturais. Atuou em dezenas de filmes e vídeos como figurinista, modelo fotográfico, performance e poeta. Participou de coletâneas e possui poemas publicados em revistas e jornais. O “SUBSOLO AMARELO” é o seu primeiro livro solo.

 

André Luís de Almeida Giusti é carioca de Cascadura, jornalista, escritor, publicou cinco livros de contos, uma novela, dois livros de poesia e prepara o seu primeiro romance. Contabiliza no currículo 35 anos de produção poética.

 

SERVIÇO

Onde: Canal T-Bone Cultural, no Youtube

Quando: 17 de maio de 2021

Horário: 20 horas.

Assessoria de Imprensa: Karina Gama (61) 98110-2002 e Amanda Guedes (61) 98429-0007

Facebook e Instagram: @EspacoCulturalTBone

anuncio patrocinado