Homem é preso suspeito de manter a filha e a esposa em cárcere privado

0

O suspeito negou as acusações, mas foi autuado em flagrante por cárcere privado, na forma da Lei Maria da Penha

 

Na última terça-feira (25), a polícia prendeu em flagrante um homem de 54 anos, suspeito de manter a filha e a companheira em cárcere privado, no bairro Vila Brito, em Jerônimo Monteiro (ES). O indivíduo também é suspeito de ser o autor de agressões físicas e psicológicas contra a filha.

Nessa segunda-feira (24), policiais civis receberam uma denúncia do Conselho Tutelar do município, que informou que a madrasta de 32 anos, após um descuido do suspeito, conseguiu entrar em contato com uma professora da enteada, de 12 anos, e pediu socorro. Ela relatou à professora que estava sendo proibida de sair de casa.

Em posse das informações, o delegado de plantão da 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim, Adhemar Fully e a equipe, realizaram diligências e conseguiram elementos para realizar uma prisão em flagrante. É o que conta o delegado Marcelo Meurer, titular da Delegacia de Polícia (DP) de Jerônimo Monteiro e Castelo, que também participou das investigações.

“Após receber a denúncia, a equipe começou as investigações e teve êxito em deter o suspeito. Durante os depoimentos, a senhora confirmou ser proibida de sair de casa sem o companheiro e informou ainda que ele agredia a enteada com frequência e, inclusive, a proibia de levar a menor ao hospital”, ressaltou o delegado Marcelo Meurer.

O suspeito negou as acusações, mas foi autuado em flagrante por cárcere privado, na forma da Lei Maria da Penha. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim.

anuncio patrocinado