Realidade virtual faz diferença durante tratamento de COVID e outras doenças

0

O tratamento de COVID não pode ser limitado apenas em medicamentos, mas sim, em terapias alternativas que façam a diferença.

Não importa a idade, a infecção viral pode acometer qualquer pessoa. No entanto, aqueles que possuem acesso a terapias alternativas nos planos de saúde ou pelo SUS, podem se recuperar mais rapidamente.

Claro, nem sempre ter o melhor é sinal de que continuará vivo, mas acontece que, quanto mais assistência o indivíduo tiver nesse momento, mais chances terá.

Acontece que, com a chegada desse novo vírus, as empresas buscaram ainda mais alternativas para que seus clientes tenham todo o conforto.

Além de buscarem os melhores hospitais, a procura por uma alternativa que drible a preocupação gerada pelo tratamento é constante.

Não importa se a doença em questão é o Coronavírus ou outra, a angústia sempre estará presente.

Realidade virtual no combate a doenças

Com o avanço da tecnologia, os tratamentos para diversas doenças passaram a ter um auxílio para amenizar o tempo para chegar até a cura.

Um dos grandes exemplos dessa situação é a realidade virtual, que vem sendo amplamente usada na medicina atual.

Nessa época de pandemia, ficar em casa pode ser desanimador. Agora, passar mais de um ano somente imerso em lembranças pode ser muito ruim para a saúde mental.

Imagine ir para qualquer lugar do mundo, mas sem sair do conforto de sua casa? É isso que as novas tecnologias são capazes de fazer!

Com apenas um aparelho é possível criar inúmeros cenários, gráficos e diversos outros recursos visuais.

Antes, esse recurso era bastante utilizado para quem estava em seus últimos dias de vida. Onde eram reproduzidas cenas dos lugares favoritos ou fotografias que remetessem a bons momentos.

Com a realidade virtual, o indivíduo será inserido dentro de um novo mundo, onde ele poderá ser quem quiser.

Esse método é bastante utilizado atualmente pelos médicos, afinal, nos últimos dias de vida, o melhor é ser invencível, que morrer como um mero mortal.

Essa é somente uma das terapias alternativas oferecidas pelos profissionais da saúde, inclusive nos planos de saúde.

Quais outras doenças podem ser combatidas com a realidade virtual?

Acredite ou não, esse tipo de tecnologia possibilita amenizar até mesmo as dores na hora do parto. A realidade virtual promove o estímulo de outras sensações enquanto o parto está sendo realizado, visando na diminuição das dores sentidas pelas mulheres no momento de dar à luz aos seus filhos.

Para quem se envolveu em um acidente grave que lhe deixou inúmeras e dolorosas feridas, o tratamento vem sendo feito com esse método. Este consiste em apresentar ao paciente uma nova dimensão, lhe distraindo enquanto os machucados estão sendo limpos.

Outras situações nas quais essa realidade virtual possa ser utilizada são: em tratamentos cardíacos, gastrointestinais, pós-cirúrgico e neurológico. Estudos afirmam que esse procedimento tende a enganar o cérebro, possibilitando que as dores sejam sentidas em uma intensidade menor.

A previsão é tentar substituir os casos onde o paciente não pode receber anestesia, mas que o procedimento é doloroso demais para aguentar.

Para portadores de autismo, esse tratamento vem sendo muito utilizado para que os indivíduos apresentem uma melhora ou até mesmo alternativa. É a solução também para tratamento de fobias e alguns outros transtornos. Afinal, passar por momentos de traumas pode ser irreversível.

Por exemplo, como fazer uma pessoa que tem fobia de avião voar sem ficar passando mal a cada 5 segundos? A alternativa mais viável é por meio da realidade virtual, onde serão inseridas imagens e vídeos de aviões, como se fosse uma simulação.

Dessa forma, essa didática pode ser considerada como uma das terapias alternativas para várias doenças.

Terapias alternativas nos planos de saúde para COVID

Desde o início da pandemia, foi notório o aumento por alternativas para combater inúmeras doenças.

Afinal, ficar isolado dentro de casa, seja sozinho ou acompanhado pela família, pode acabar nos trazendo consequências.

Trabalhar o físico é algo que desde sempre foi prioridade. Mas após a chegada dessa pandemia, passamos a olhar também para a nossa mente.

Como e quais métodos utilizar para ficar mentalmente e fisicamente bem, sem precisar sair de casa?

Apesar da adaptação ser difícil, muitas pessoas conseguiram ser produtivas e encontraram novos hobbies.

No entanto, quais são as terapias alternativas nos planos de saúde, que podem ser benéficas e auxiliam no tratamento? Assim como as coberturas oferecidas, esses novos auxílios costumam variar entre uma operadora e outra.

Portanto, caso esteja precisando, basta entrar em contato com a operadora e verificar qual é a disponibilidade para o seu tratamento.

Por: Jeniffer Elaina, do site PlanoDeSaude.net.

anuncio patrocinado