Em Brasília a gasolina começa a semana com o litro a R$ 6,099. Etanol passa de R$ 4,70

0

A semana começou com um soco no bolso dos consumidores. Vários postos elevaram os preços da gasolina para R$ 6,099 o litro, deixando muitos motoristas atônitos. Duas são as justificativas: a disparada dos preços do etanol e a suspensão dos descontos dados pelas distribuidoras.

 

Segundo Paulo Tavares , presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e de Lubrificantes do Distrito Federal (Sindicombustíveis-DF), somente neste último fim de semana, o litro do etanol ficou R$ 0,30 mais caro. O impacto nas bombas foi de R$ 0,20.

 

“Foi o segundo fim de semana de aumento do etanol. Como o álcool representa 27% da mistura da gasolina, não há como não repassar (para os motoristas)”, diz Tavares. Ele ressalta que a forte alta do preço do etanol decorre da quebra da safra da cana-de açúcar por causa da estiagem.

 

A situação está tão complicada, afirma Tavares, que há postos em várias cidades do interior do país sem gasolina e sem etanol. E não há perspectiva de regularização tão cedo. A nova safra de cana-de-açúcar, que deveria estar sendo colhida em maio, só deverá chegar às usinas em julho.

 

Portanto, os consumidores devem se preparar para mais aumentos dos preços do álcool e da gasolina. “Desta vez, a culpa não é da Petrobras. Os problemas estão no mercado de álcool”, frisa o presidente do Sindicombustíveis-DF. Há postos em Brasília em que o litro do etanol passa de R$ 4,70.

anuncio patrocinado