Seminu e sentado na privada, vereador de BH posta vídeo íntimo na web

0

Bim da Ambulância, do PSD, postou ‘momento íntimo’ na web e disse ser ‘digital influencer’ para justificar ato

 

Vereador de Belo Horizonte, Bim da Ambulância (PSD) protagonizou insólito momento no Instagram. O parlamentar passou os dias do feriado de 1° de maio em Búzios, no Rio de Janeiro, e postou vídeo seminu, utilizando o banheiro de uma residência. Com um celular e sentado na privada, ele gravou o momento em que despejava suas fezes no vaso sanitário.

“Bom dia, família. Vocês pediram: é para dar um gás. Ô, sensação boa! Bim, se eu fosse você, faria um vídeo dando uma ‘cagada’ nesse banheiro aí”, disse ele, sem camisa e com a bermuda abaixada, no escatológico vídeo postado na rede social.

Procurado pela TV Alterosa para comentar o caso, Bim disse ter produzido o conteúdo por ser “digital influencer”. Além de parlamentar belo-horizontino, ele se considera influenciador. Apenas no Instagram, o político soma 589 mil seguidores. Na eleição passada, o pessedista somou 6.022 votos.

“Você está querendo um posicionamento do Bim parlamentar ou do digital influencer? Acho que você está discutindo um conteúdo de digital influencer. Ou você quer um posicionamento de parlamentar, em um domingo de lazer com minha família, em um momento meu, que é o ‘escorrega dois, cai três’. Dando uma cagada. Para mim que já caguei em lata de 18 litros com meu pai, minha mãe e minha irmã, pelas dificuldades que já passamos, isso aqui, para mim, é um momento de prazer”, afirmou, em áudio enviado à equipe da emissora e postado por ele na rede social de fotos e vídeos.

Ao continuar se explicando, Bim da Ambulância utiliza um palavrão para demonstrar o quão feliz estava se sentindo. “Vou resumir assim. Estou feliz. Feliz para car… mesmo, para dar um gás nesse povo que está triste. O povo esta meio triste, vamos rompendo”.

Feriadão teve até vereador lesionado

O rescaldo dos dias de descanso em Búzios não foi positivo para Bim da Ambulância. Ele precisou acompanhar o colega Léo Burguês (PSL) ao hospital. O líder do governo Alexandre Kalil (PSD) se chocou com uma pedra e cortou a perna. Burguês precisou recorrer a uma casa de saúde para passar por um procedimento de costura.

Bim protagonizou aglomeração e chamou covid de ‘ser vivo no meio de nós’

Em janeiro, outra viagem de Bim da Ambulância também terminou em polêmica. Rumo à Bahia, ele parou em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, e provocou aglomeração em uma rua da cidade.

“A nossa preocupação vai muito além disso (se contaminar). É só conviver. Saber viver. É um negócio que ninguém vai conseguir frear. Quem pegou, pegou, Quem não pegou, vai pegar. A COVID-19 é um ser vivo no meio de nós. Alguns organismos vão sentir mais, outros vão sentir menos e outros não vão nem sentir. Tanto que, até hoje, não fiz exame nenhum”, argumentou à época.

anuncio patrocinado