MEC abre inscrições para bolsas remanescentes do Prouni

0

Ao todo, são 107.992 bolsas ofertadas. As inscrições podem ser efetuadas até terça-feira (4), e os resultados serão divulgados em chamada única na sexta (7)

 

Os interessados em concorrer às bolsas remanescentes do processo seletivo do 1º semestre de 2021 do Programa Universidade para Todos (Prouni) podem se inscrever na página do programa. As inscrições ficam abertas até as 23h59 desta terça-feira (4/5). O resultado será divulgado em chamada única na sexta-feira (7/5) também na página do Prouni.

São ofertadas 107.992 bolsas, sendo 33.609 bolsas integrais e 74.383 bolsas parciais, que cobrem 50% do valor da mensalidade do curso. As bolsas remanescentes ofertadas são aquelas não preenchidas no processo seletivo regular para o 1º semestre deste ano.

Para se inscrever é necessário inserir os dados do cadastro (login e senha) efetuado no portal de serviços do governo federal (acesso.gov.br).

Quem pode disputar as bolsas

Os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 podem se inscrever. Além deles também podem se candidatar os alunos que efetuaram qualquer uma das edições do Enem, a partir de 2010.

Ordem de classificação será por desempenho

Esta é a primeira edição do processo de ocupação de bolsas remanescentes do Prouni em que a classificação dos candidatos se dará por ordem de melhor desempenho obtido no Enem, considerando qualquer das edições do exame ocorridas nos últimos dez anos. Para o candidato que fez mais de um Enem será considerada, para efeito da classificação, a edição em que ele tenha obtido a maior média no conjunto de provas.

Anteriormente, o critério de classificação era por horário de conclusão da inscrição, portanto era passível de prejudicar os candidatos que tivessem alguma dificuldade de acesso à internet.

O critério mínimo exigido de desempenho no Enem é de 450 pontos no conjunto de provas do exame e nota superior a zero na redação.

Estudantes devem se atentar aos critérios socioeconômicos

Além do desempenho no Enem, os candidatos devem observar os critérios socioeconômicos, pois para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

A seleção do Prouni para o 2º semestre de 2021 também contemplará os estudantes que, tendo perfil para disputar uma bolsa do programa, poderão utilizar a nota do Enem de 2020.

Para participar do Prouni é preciso, ainda, atender a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede particular, desde que na condição de bolsista integral da respectiva instituição.

As demais condições são: ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrar o quadro de pessoal permanente de instituição pública. Para quem comprova ser professor da rede pública não é aplicado o limite de renda exigido aos demais candidatos.

Conheça o programa

O Prouni é um programa de acesso ao ensino superior, destinado a quem não tem diploma de graduação. Ele oferece bolsas de estudos integrais, que cobrem a totalidade da mensalidade do curso, e parciais, que cobrem 50% do valor da mensalidade, em instituições particulares de ensino.

Confira o cronograma completo:

  • Dias 3 e 4 de maio – Período de inscrição;
  • Dia 7 de maio – Resultado;
  • De 10 a 13 de maio – Entrega da documentação que comprove as informações declaradas na inscrição.
anuncio patrocinado