Tiroteios são cada vez mais constantes no bairro Andorinhas, em Vitória

0

De acordo com moradores, a região da orla não é a única que tem enfrentado a onda de violência. Quem vive na parte alta do bairro também está assustado.

 

Mais uma vez, o fim de semana foi marcado pela violência no bairro Andorinhas, em Vitória. Durante o sábado (01) e o domingo (02), os moradores ouviram tiros e ficaram muito assustados.

O tiroteio aconteceu próximo a orla de Mangue Seco. O local, segundo a polícia, é conhecido pelo intenso tráfico de drogas e tem sido palco de confrontos nas últimas semanas. Após os disparos, a Polícia Militar foi acionada e esteve na região. No entanto, nenhum material ilegal foi apreendido e nenhum suspeito detido.

De acordo com os moradores, a região da orla não é a única que tem enfrentado uma onda de violência. Quem vive na parte alta do bairro também está assustado. Algumas pessoas relataram que sentem medo de sair de casa para fazer atividades do dia a dia, como por exemplo, comprar pão.

Não são apenas os moradores de Andorinhas que sofrem com a violência. Quem mora nos bairros próximos, como Santa Marta, também reclama dos constantes tiroteios. Na tarde deste domingo (02), quem vive na região contou ter ouvido disparos vindos da região conhecida como Carandiru.

A disputa pelo controle do tráfico de drogas na região é um dos motivos das constantes trocas de tiros. A avenida Maruípe divide os bairros de Santa Marta e Androinhas dos rivais no tráfico de drogas, que atuam nos bairros da Penha e Itararé. No meio dos confrontos, estão os moradores que sofrem com a violência.

A Polícia Militar informou que tem realizado ações na região para tentar coibir os ataques. Recentemente, um dos suspeitos de chefiar o tráfico de entorpecentes de Andorinhas, identificado como Rhaony Santos Cordeiro, foi preso no interior do Espírito Santo. De acordo com os moradores, após a prisão, os ataques tornaram-se mais constantes.

Nesta segunda-feira (03), viaturas da Polícia Militar realizam patrulhamentos pela região. Por meio de nota, a PM reforçou que, desde o último sábado (01), o policiamento foi reforçado e está intensificado no bairro.

*Com informações do repórter Arleson Schneider, da TV Vitória/Record TV.

anuncio patrocinado