HOJE FAZ 33 ANOS QUE A VILA PLANALTO FOI FIXADA E TOMBADA COMO PATRIMÔNIO HISTÓRICO DO DF.

0

 

Eles construíram Brasília, mas, não podiam morar nela assim como os operários constroem prédios e não podem morar neles. Os moradores da Vila Planalto constituida por acampamentos das construtoras que erigiram a capital do Brasil resistiram ao tempo e às mudanças ocorridas em Brasília. Resistiram e lutaram pelo direito a permanecer e morar com dignidade no local onde formaram suas memórias, plantaram árvores e criaram seus filhos.

Muitos acusam a Vila de ferir o Plano Piloto de Lucio Costa e afirmam que a Vila Planalto nunca deveria existir. E essa acusação só demonstra o cinismo e elitismo das classes privilegiadas dessa cidade que usam da falácia do purismo de um projeto que foi modificado desde a sua origem.

Pergunto a esses elitistas se o Shopping Conjunto Nacional ali onde Dr. Lucio pretendia que se construísse boulevards, como os parisienses, fazia parte do projeto original ? Não. Mas quem liga? Foi um shopping construído pra enriquecer um grupo da elite econômica na epoca da ditadura…

E as ocupações da margem do lago que privatizou parte do imenso espelho d’água com shoppings, condominios residenciais de luxo travestidos de hotéis residência? Faziam parte do projeto original? Como dizia a minha mãe: não criticam porque é coisa de rico e bosta de rico para a nossa elite não polui lago…

E um hotel de gabarito monstruoso em lote que era inexistente e cobriu completamente a vista do hotel projetado pelo Niemeyer, que cobriu o Brasília Palace? Aquilo lá deveria existir para os “puristas” que se arvoram contra a Vila Planalto? Ficam em silêncio porque é obra de um grande empresário da cidade que é rico! Então não tem problema, naturaliza-se…

Esses puristas elitistas se incomodaram quando criaram a quadra 500 do Sudoeste? Ou comemoram porque vão comprar apartamentos lá pra morar e investir? Alguém se lembra do projeto original do Lucio Costa quando tá investindo em imóveis ali ou nos hoteis residencias que invadem a orla do lago?

Onde estavam os puristas elitistas quando a CEB destruiu o projeto de luminotécnica do próprio Lucio Costa espetando postes sem critério por toda a Esplanada e Eixo Monumental com luzes de Led e destruindo o efeito de luz e sombra projetada pelo criador do plano piloto?

Para a elite e uma parte da classe média deslumbrada de Brasília, a Vila Planalto não deveria existir , seus moradores não deveriam ser fixados ali…. deveriam ter estreado a Samambaia, ou mandados pra extensão do Gama ou Ceilândia pra não ” destruir o projeto do Lucio Costa” … porque pra eles quem deveria morar nesse local central e nobre deveria ser a elite, óbvio! Ricos poderiam ficar, pobres não. Pobre enfeia, pobre destoa da estética, pobre tem que ficar longe ou escondido. De preferência há quilômetros do Plano ou voltar para as cidades de onde vieram!

Como podem ter perdido a oportunidade de morar e investir aqui por causa desses ex-operários favelados? Como ousam querer morar no centro de Brasília, onde os privilegiados ricos e da classe média sonhavam em viver em apartamentos de 6 andares das Superquadras Planalto?

A Vila Planalto incomoda até hoje porque os ” higienistas de pobres” não se conformam com nossa permanência! Porque na concepção deles esse lugar não nos pertence. No Brasil tudo o que é ligado a trabalho corporal e braçal , ao corpo, é desqualificado. Existe a dicotomia de que o que é intelectual é ligado ao ” espírito” é nobre e o corporal é impuro. Os trabalhadores “braçais” portanto seriam inferiores e são mal pagos, tem a mão de obra barata, são explorados e tratados como cidadãos de segunda classe nesse país, naturalmente. Isso sempre fez parte da ordem vigente e justificou as injustiças e desigualdades sociais da nossa elite.

Então, nessa lógica, como nós somos ex operários e filhos de operários nosso “lugar” nunca deveria ser dentro do Plano Piloto do Lucio Costa porque esse lugar pertenceria naturalmente à elite e a classe média alta.

Sabe aquela história de faxineiro e porteiro morando no mesmo bloco que o deputado e outros servidores públicos? Não vingou nas superquadras de Brasília. Quer ver classes sociais diferentes morando lado a lado dentro do Plano Piloto como queria o Lucio Costa? Isso só acontece hoje na Vila Planalto! Onde mora faxineira na mesma rua que desembargador. Nessa Vila que o próprio Dr Lucio só aceitou a permanência a contragosto ! Não parece até sarcasmo do destino?

Há 33 anos os moradores da Vila Planalto conseguiram conquistar o direito de permanência contra tudo e contra todos numa luta de Davi contra Golias.

Como já não podiam nos tirar daqui, a estratégia dessa elite higienista sempre foi a de nos invibilizar na História Oficial de Brasília, e nos tratar como cidadãos de segunda classe quanto aos nossos direitos , relegando a Vila Planalto ao esquecimento, recebendo migalhas de políticas públicas, e protelando ao máximo as políticas de preservação dos nossos lugares de memória até que não restassem mais nada de pé! Por isso, o Conjunto Fazendinha está em ruínas; a primeira escola caiu e não foi reconstruída, assim como o alojamento e o cinema do acampamento Rabelo… e a 4a Prourb vem protelando o cumprimento da sentença em que o GDF foi condenado a apresentar um cronograma de ações para a restauração desses bens. Sentença essa de uma ação de quase uma década atrás!

No dia 03 de Abril a Vila Planalto fez 64 anos. Alguém viu algo sobre o aniversário desse patrimônio nos jornais? O GDF exaltou a existência da Vila e nossa História? Não! A data passou em brancas nuvens.

Parabéns, Vila Planalto! Viva os seus pioneiros e seus filhos e netos! Me orgulho das minhas raízes nessa pequena Vila de gente guerreira que ergueu Brasília com muito trabalho. Essa Vila vizinha dos Três Poderes que não a enxergam.

Brasília precisa aprender a honrar quem veio primeiro e fez dela o que ela é hoje.

Quanto a nós, nós continuamos resistindo.

Leiliane Rebouças
(Aquela menina que burlou a segurança do Sarney e pediu a fixação da Vila Planalto.)

Fotos: Arquivo Público do DF e Walter Sanches.

anuncio patrocinado