Aglomeração, armas e tráfico de drogas em festa clandestina em Brazlândia

0

Equipes das polícias militares do DF e de Goiás prenderam dois homens por porte ilegal de arma e tráfico de drogas no Incra 9 após denúncia de festa clandestina

 

 

Dois homens foram presos por porte ilegal de arma e tráfico de drogas no Incra 9, em Brazlândia, na noite de dessa segunda-feira (19/4). Equipes do Grupo Tático Operacional do 16º Batalhão (Gtop 36) e da Polícia Militar de Goiás receberam a denúncia de que havia uma festa com pessoas ostentando armas e usando drogas, às 22h. Os participantes chegaram a postar fotos em rede social.

Ao chegarem à festa, os policiais presenciaram dois carros saindo da chácara. O primeiro veículo atendeu a ordem de parada dada pelo Gtop 36, segundo a PM. Embaixo do banco do motorista os militares encontraram um revólver calibre 32, sem munição. O passageiro informou à polícia que era proprietário da arma.

Os policiais seguiram o segundo veículo e, no momento da abordagem, o motorista desembarcou e correu para um milharal. Depois de capturá-lo, a equipe encontrou na pochete do suspeito R$ 958 em espécie e duas munições de calibre 38. Além disso, havia dentro do carro nove porções de cocaína, sete de maconha e uma garrafa de loló. Ainda segundo a Polícia Militar do DF, uma das passageiras portava um celular com restrição de roubo.

Todos os suspeitos foram encaminhados para a 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro). O primeiro detido era morador de Recife e estava há poucos dias no DF, segundo informou a PM. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo. O segundo detido tinha passagem por homicídio contra um policial da PM de Goiás e foi preso em flagrante por porte de munição e tráfico de drogas. A mulher que portava o celular roubado foi autuada por receptação.

O dono do estabelecimento foi multado em R$ 20 mil por descumprimento de medida sanitária e as atividades suspensas por 30 dias. No momento da abordagem, havia 50 pessoas na chácara.

anuncio patrocinado