Agnaldo Timóteo denunciou filho de criação à polícia antes de ser internado

0

O cantor acusou Cícero de injúria e falsidade ideológica

 

Um mês antes de morrer por complicações da covid-19, o cantor Agnaldo Timóteo registrou um boletim de ocorrência contra o filho de criação, Cícero Ezequiel. Segundo o registro, Timóteo acusa o filho, que foi seu funcionário na época em que era vereador em São Paulo, de falsidade ideológica, por acessar indevidamente suas redes sociais. Cícero foi acusado de injúria por ter prometido alugar um caminhão de som para divulgar xingamentos e calúnias contra o cantor.

anuncio patrocinado