Meteoro explode no céu durante transmissão ao vivo de repórter

0

Imagens foram feitas em West Palm Beach, na Flórida, mas foram registrados quase 300 avistamentos do evento, até nas Bahamas

 

O repórter norte-americano Jay O’Brien foi surpreendido por um bólido — um meteoro que explode no ar — que cruzou o céu de West Palm Beach, no sul da Flórida, Estados Unidos, na quarta-feira (14), enquanto fazia uma transmissão ao vivo em seu perfil no Facebook. Assustado, suas primeiras palavras após o ocorrido foram: “meu deus, o que é aquilo no céu? Uau!”.

 

“Não sei se vocês viram isso. Possivelmente, um pedaço de lixo espacial queimando em órbita? Às vezes, eles aparecem assim. Vou perguntar por aí e descobrir o que era. Isso foi surpreendente!”, completou.

Segundo a American Meteor Society, organização de pesquisa no campo de astronomia, foram relatados quase 300 avistamentos do evento. Nas Bahamas, moradores afirmaram que ouviram um barulho muito alto e sentiram as casas tremerem, situações comuns durante a passagem de um bólido.

Bólido x fireball

Em 23 de novembro do ano passado, quando um meteoro de magnitude -7, o que é considerado elevado, explodiu no céu na região da fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, o diretor da Região Sul da Bramon (Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros), Carlos Fernando Jung, ressaltou ao R7 a diferença entre bólidos e fireballs (“bolas de fogo”, em português).

Enquanto bólidos são meteoros que explodem no ar, são consideradas fireballs qualquer meteoroide que atinge a magnitude de -4 e se extinguem no ar. Meteoroides, por sua vez, são fragmentos de cometas ou asteroides que se desprendem desses corpos celestes e ficam vagando pelo espaço em órbitas em torno do Sol.

 

anuncio patrocinado
Anunciando...