Menina de 4 anos revela à PCDF violência da mãe: “Tô toda machucada”

0

Mulher de 21 anos foi presa em flagrante, mas pagou fiança de R$ 2 mil. Ela perdeu a guarda de outros dois filhos, de 8 meses e 2 anos

 

Uma mulher de 21 anos foi presa, em flagrante, pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) por espancar a própria filha, de apenas 4 anos. O caso chocou os policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), principalmente pela quantidade de lesões que a menininha apresentava pelo corpo, como os dois olhos roxos.

Conselheiros tutelares que atuam na região de Santa Maria foram acionados para visitar a casa onde a criança morava. A denúncia tinha como alvo a mãe, que espancaria regularmente a filha. Além da garota, ainda havia na casa uma bebê de apenas 8 meses e um menino de 2 anos. Todos foram levados para a delegacia pelos conselheiros.

Quando chegou na delegacia, a menina estava com várias escoriações pelo corpo. Entrevistada pela equipe da especializada (foto em destaque), que é preparada e conta com espaço lúdico para ouvir crianças vítimas de violência, a menina foi direta: “Tia, tô toda machucada”. Faminta, a garotinha foi alimentada pelos policiais e contou que costumava ser agredida diariamente – não só pela mãe, mas também pelo padrasto, que viva na residência.

Fiança 

A delegada-chefe da unidade, Simone Pereira, determinou que a mãe fosse ouvida em termo de declaração e a autuou de acordo com o parágrafo nono, do artigo 129, do Código Penal, relacionado à violência contra descendente. Foi estipulada uma fiança de R$ 2 mil, paga pelo ex-sogro da mulher para que a suposta agressora fosse posta em liberdade.

A guarda da menina de 4 anos, além dos outros dois filhos da mulher, foi entregue ao avô paterno. O caso permanecerá sendo acompanhado tanto pelo conselho tutelar quanto pela PCDF.

anuncio patrocinado