Delegado expõe mais de 1.500 cargos vagos na Polícia Civil de Goiás

0

 A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) sofre de, aproximadamente, 1.562 cargos em vacância. O número foi confirmado pelo deputado estadual e delegado Humberto Teófilo, que expôs a atual situação da corporação em publicação nas redes sociais.

De acordo com documento divulgado, do número de cargos ociosos, 659 são na função de escrivão e 903 na função de agente de polícia. Ainda na publicação, Teófilo questiona ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado, quando será a próxima realização de concurso público. Veja a postagem! 

3.418 vagas são solicitadas para a Segurança em Goiás

Em fevereiro, três editais para a Segurança Pública do estado foram solicitados pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego)! De acordo com transmissão ao vivo, feita nas redes do deputado estadual Delegado Humberto Teófilo, foram pedidos certames para a Polícia Militar (PMGO), Polícia Civil (PCGO) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO).

Ao todo, foram solicitadas 3.418 vagas para as três corporações. Do número total, 2.000 para a PMGO (sendo 1.900 para o cargo de soldado QPPM 2ª Classe e 100 para cadete), 1.000 para o CBMGO (sendo 900 para o Quadro de Praças e 100 para o Quadro de Oficiais) e 418 para a PCGO (115 escrivães de polícia e 303 agentes de polícia). Saiba os detalhes!

PCGO: último certame

último concurso da PCGO foi lançado em 2018. O edital abriu a oferta de 100 vagas para delegados de polícia, sendo cinco reservadas a pessoas com deficiência. A remuneração para o cargo é de R$ 19.242,52, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para ocupar o cargo, é preciso possuir nível superior completo em direito.

anuncio patrocinado