CCBB EDUCATIVO BRASÍLIA- ARTE E EDUCAÇÃO

0

 

(Programação de 12 a 18 de abril)

O programa CCBB Educativo realiza quatro atividades principais esta semana, além das atividades perenes como as visitas Visitas Mediadas Online Visitas para Escolas e Instituições. São elas o Lugar de Criação “Jogos de Arte” e Lugar de Criação “As Cores do Tempo”, o curso Transversalidades “A escola vai ao museu: uma experiência de aprendizagem entre sujeitos e objetos, sujeitos e sujeitos, sujeitos e cidade”, com  Gláucia Enes e o Laboratório de Crítica Crítica de teatro e escrita criativa”, com Daniele Avila Small.

Compõem o Programa visitas educativas, cursos, oficinas, encontros e práticas culturais, tudo adaptado para o universo digital nesses tempos de pandemia. As atividades dialogam com a programação do CCBB e destinam-se a todos os públicos, com ações inclusivas e afirmativas para estreitar as relações com a comunidade escolar, educadores, pessoas com deficiência, famílias, organizações não-governamentais, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, cultura e interessados.

 

SUCESSOS DO PROGRAMA CCBB EDUCATIVO ACESSÍVEL PELO SITE

A todo momento, o público pode visitar o site www.ccbbeducativo.com  para acessar um vasto acervo de atividades digitais já realizadas. Destaque para Com a Palavra, em que especialistas conduzem visitas por exposições de sucesso que passaram pelo CCBB, a exemplo de Linhas da Vida, de Chiharu Shiota, edições dos cursos Tranversalidades, ambas as atividades com tradução em libras e Pílulas Mediadas às exposições “Egito Antigo- do Cotidiano à Antiguidade”, “Ivan Serpa” e “Alphonse Mucha”. No site estão disponíveis mais de 100 atividades para crianças e famílias e cerca de 200 conteúdos voltados à comunidade escolar, artistas e público em geral. O acervo aborda assuntos transversais entre arte, cultura, educação e contemporaneidade.

*O programa CCBB Educativo-Arte e Educação está funcionando exclusivamente online, em colaboração às medidas de restrição que visam a contenção da pandemia. Como já vinha investindo em conteúdos nas plataformas digitais desde o início da pandemia, públicos diversos continuarão contando com uma rica programação para curtir, informar-se e aprender sem ter que deixar a segurança de casa.  

 

PROGRAMAÇÃO 

 

 

VISITAS PARA ESCOLAS E INSTITUIÇÕES

O que é: Atividades de mediação cultural para escolas e outras instituições em grupos de 10 a 45 pessoas, nos turnos da manhã, tarde e noite.

As visitas mediadas realizadas pelos educadores são sempre pautadas pela conversa em torno de temas relevantes do presente, como as produções artísticas que nos ajudam a compreendê-lo e o patrimônio cultural como forma de construção de nossa identidade, levando em consideração a pluralidade de nossos públicos.

Na modalidade virtual, as visitas acontecem mantendo essa vocação. Acreditamos que é possível manter a intensidade e a potência das conversas, mesmo à distância. A partir de ativações, questões e de uma escuta sempre atenta às experiências do público, os educadores prepararam visitas com temas distintos.

As atividades envolvem o contato com conteúdos das exposições em conversas e exercícios de reflexão e invenção, preparados e acessíveis para pessoas de todas as idades.

Serviço:

Durante todo o mês de abril

Duração: 0h50 ou 1h40. 

Capacidade: grupos de até 45 pessoas, com mínimo de 10 participantes.

Classificação indicativa: a partir de 5 anos. 

Inscrições: www.ccbbeducativo.com/visitas

 

VISITAS MEDIADAS ONLINE  

O que é: Visitas à exposição permanente “Acervos do Brasil, do Museu Banco do Brasil e à exposição Egito Antigo- do cotidiano à antiguidade. e ao Centro Cultural Banco do Brasil Brasília. O público pode escolher entre três propostas de visitas em diferentes dias e horários.

Serviço:

Até 25/04

Domingos às 10h, 12h, 16h e 17h30.

Terças, quartas e sextas, às 10h, 12h, 16h, 17h30 e às 19h. Quintas às 10h, 12h, 16h e 19h.

Sábados às 10h, 12h e 16h.

A partir de 27/04 – Domingos, segundas, quartas e sextas, às 12h e às 18h.

Quintas e sábados às 12h.

Duração: 1h

Classificação indicativa Livre – Indicado para pessoas acima de 5 anos.

www.ccbbeducativo.com/visitas.

https://www.sympla.com.br/produtor/ccbbeducativo

 

16/04 – LUGAR DE CRIAÇÃO- AS CORES DO TEMPO

O que é: Vivências para todos os públicos com atividades artísticas de criação e mediação cultural que estimulam o convívio e o diálogo com as artes e com temas da atualidade.  

Sinopse: Alguns pintores que viveram há muito tempo, por volta dos anos 1870, investigavam a influência da luz do sol sobre as cores das coisas e das paisagens que vemos ao longo do dia. Esses pintores ficaram conhecidos como impressionistas e suas pinturas eram muito coloridas! Que tal se inspirar nesses artistas e investigar se as cores mudam mesmo ao longo do dia?

Serviço:

Sexta-feira às 10h

Classificação indicativa Livre – indicado para pessoas acima de 3 anos

Local: redes do CCBB e site do Programa CCBB Educativo – Arte & Educação

www.ccbbeducativo.com

 

17/04- LUGAR DE CRIAÇÃO- JOGOS DE ARTE  

O que é: Vivências para todos os públicos com atividades artísticas de criação e mediação cultural que estimulam o convívio e o diálogo com as artes e com temas da atualidade.

Sinopse: Encontros voltados à criação em artes, explorando brincadeiras e jogos de criação que envolvem estratégias das artes visuais, teatro, música, práticas corporais e escrita.

Serviço:

Sábados às 15h00.

Duração: 1h

Classificação indicativa: a partir de 3 anos

Capacidade: 100 pessoas

Local: redes do CCBB e site do Programa CCBB Educativo – Arte & Educação

 

14/04- TRANSVERSALIDADES- “A escola vai ao museu: uma experiência de aprendizagem entre sujeitos e objetos, sujeitos e sujeitos, sujeitos e cidade”, com Gláucia Enes

O que é: Curso para professores e educadores, com módulos independentes, que aborda temas transversais aos campos da educação e da arte, conectando as questões presentes nas exposições às urgências e reflexões cotidianas.

Ministrado por profissionais convidados de áreas diversas, conta com intérprete de Libras e tem entre seus temas as práticas artísticas, pedagógicas e sociais, a memória, a produção de subjetividades, de territórios e de patrimônios.

Sinopse: O diálogo entre museu e escola pode provocar vários desdobramentos na vida dos estudantes e também contribuir para a formação de sujeitos críticos e atuantes em nossa sociedade. Acreditando que programas de ação educativa podem ser múltiplos e trabalhar no sentido de construção de conhecimentos cognitivos e afetivos, será apresentada a proposta de trabalho do Projeto Circuito de Museus da Secretaria Municipal Educação de Belo Horizonte, que viabiliza visitas de professores e estudantes aos espaços culturais. A prática da educação fora dos muros da escola é considerada por muitos professores como um ganho nos processos de aprendizagem e uma possibilidade de explorarem os mais variados conteúdos das disciplinas estudadas.

Sobre Gláucia Enes: Graduada em Educação Artística pela Escola Guignard da UEMG, é especialista em Educação e Cinema e em Ensino de Artes Visuais, além de mestranda em Educação em Museus pela UFMG. É professora de artes da rede municipal de Belo Horizonte e integrante da equipe gestora do Projeto Circuito de Museus da Secretaria Municipal de Belo Horizonte.

Serviço:

Quarta-feira às 19 horas

Duração: 2h

Encontro em formato webinar

Acessível em Libras

Vagas: 500

Classificação indicativa Livre – indicado para pessoas acima de 16 anos

Local: redes do CCBB e site do Programa CCBB Educativo – Arte & Educação

Inscrições: www.ccbbeducativo.com

15/04- LABORATÓRIO DE CRÍTICA- “Crítica de teatro e escrita criativa”, com Daniele Avila Small

O que é: Laboratório de crítica e reflexão sobre arte, incluindo a esfera do jornalismo cultural, memória e patrimônio, em diálogo com a programação do CCBB. Busca especialmente um diálogo com estudantes de artes, jornalismo, museologia, curadoria e história.

Sinopse: A crítica tem sido objeto de reflexão da crítica e curadora de teatro Daniele Avila Small desde o início da sua pesquisa, que resultou na publicação do livro O crítico ignorante – Uma negociação teórica meio complicada e ao longo das atividades da revista eletrônica Questão de Crítica (desde 2008). A proposta é compartilhar uma reflexão sobre esta atividade como escrita criativa, que pode assumir formatos diversos para entrar em diálogo inventivo com os espetáculos. Para isso, será feita uma reflexão sobre a transição entre o jornal impresso e os espaços independentes no meio digital, um movimento bastante significativo no contexto brasileiro, e as implicações que essa grande mudança tem trazido para as noções de crítica e para as ideias sobre quem pode – ou deve – escrever críticas.

Sobre Daniele Avila Small: Crítica, pesquisadora e curadora de teatro, ela é doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO e idealizadora e editora da revista Questão de Crítica. Foi curadora dos Olhares Críticos, eixo reflexivo da MITsp entre 2018 e 2020, dentre outros projetos de formação, teoria e crítica de teatro desde 2011, como as edições do Encontro Questão de Crítica, do IDIOMAS – Fórum Ibero-Americano de Crítica de Teatro e da Complexo Sul – Plataforma de Intercâmbio Internacional. Integrou também as equipes de curadoria do FIT BH 2018 no projeto Corpos Dialetos, da 6ª edição da Janela de Dramaturgia (CCBB-BH) e da seleção local do FIAC – Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia. Em 2020, foi uma das curadoras da Mostra Temática da 14ª CineBH, dedicada ao teatro online.

 

 

 

Serviço:

Quinta-feira 14 horas

Duração: 3h

Encontro em formato webinar.

Vagas: 200

Classificação indicativa Livre – indicado para pessoas acima de 16 anos

Acesso: Evento gratuito

Inscrições: www.ccbbeducativo.com

 

Assessoria de imprensa CCBB Educativo – Conteúdo Comunicação

Adriana Morais- (61) 98156-9563

Charlotte Vilela- (61) 98151-2400

conteudocomunicacao@gmail.com

 

Assessoria de imprensa CCBB: Pedro Emídio – pedro.emidio@bb.com.br – (61) 98478-8416

CCBB Brasília

Aberto de terça a domingo das 9h às 21h

SCES Trecho 2 – Brasília/DF | Tel.: (61) 3108-7600

E-mail: ccbbdf@bb.com.br   Site: bb.com.br/cultura

Redes sociais: facebook.com/ccbb.brasilia, twitter.com/CCBB_DF e instagram.com/ccbbbrasil

anuncio patrocinado