Universidade de Oxford anuncia pausa nos testes da AstraZeneca em crianças

0

“Embora não haja preocupação em torno da segurança do teste clínico pediátrico, aguardamos as informações complementares da MHRA (agência reguladora britânica) sobre os casos raros de trombose em adultos reportados”, explicou a universidade

 

A Universidade de Oxford anunciou nesta terça-feira (6) a suspensão dos testes em crianças da vacina anticovid-19 que criou com o laboratório AstraZeneca, à espera de uma decisão da agência de medicamentos britânica.

“Embora não haja preocupação em torno da segurança do teste clínico pediátrico, aguardamos as informações complementares da MHRA (agência reguladora britânica) sobre os casos raros de trombose em adultos reportados”, explicou a universidade. “Os pais e as crianças devem continuar comparecendo às visitas previstas, e podem entrar em contato com os locais onde acontecem os testes se tiverem dúvidas.”

A MHRA investiga os casos de trombose sanguínea ocorridos entre pacientes que receberam a vacina AstraZeneca. Até o momento, foram reportados sete casos fatais entre os 30 identificados, segundo dados divulgados no último sábado.

Mais de 18 milhões de doses do imunizante já foram aplicadas no Reino Unido. “As pessoas devem continuar se vacinando quando forem convidadas”, pediu a representante da MHRA, June Raine.

A vacina AstraZeneca/Oxford ainda apresenta “amplamente” mais benefícios do que riscos, assinalou em entrevista coletiva o diretor de regulação da OMS, Rogério de Sá Gaspar.

anuncio patrocinado