Moradores da CEU fazem protesto por alimentação de qualidade

0

Os manifestantes reivindicam que possam receber o auxílio emergencial de alimentação ao invés das marmitas, para que eles mesmos comprem sua alimentação

 

Nesta segunda-feira (29), moradores da Casa do Estudante da UnB realizaram um prostesto e fecharam a L2. Entre as reividicações, os presentes pediam condições sanitárias das marmitas que estão recebendo. Segundo eles, cabelos, larvas, moscas e plásticos já foram encontrados dentro das refeições recebidas.

Além disso, a administração superior não teria apresentado explicações sobre o ocorrido e nem como ele será resolvida a questão da alimentação desses estudantes. Por fim, os manifestantes reivindicam o recebimento de um auxílio emergencial de alimentação ao invés das marmitas. Os protestantes querem ter o direito de comprar a própria refeição, para não serem dependentes da alimentação de baixíssima qualidade fornecida pela Sanoli.

anuncio patrocinado