Vídeo mostra grávida sendo espancada no meio da rua em MG

0

Uma das agressoras estava com um bebê no colo; segundo a polícia, o crime registrado em Perdizes seria motivado por ciúmes

 

 

Uma grávida, de 19 anos, teve a roupa arrancada e foi espancada por três mulheres no meio de uma rua, em Perdizes, a 353 km de Belo Horizonte. O crime teria sido cometido por ciúmes.

Vídeo gravado por um morador mostra o momento em que as agressoras se aproximam e atacam a vítima que, segundo a polícia, tem problemas psiquiátricos. Uma das suspeitas, que usa um pedaço de madeira para bater na jovem, está com um bebê nos braços.

A gravação foi encaminhada à Polícia Civil no mesmo dia que as agressões foram cometidas. Os agentes conseguiram localizar a vítima e identificar as três suspeitas.

A grávida não tem residência fixa e estaria morando na casa de uma das supostas agressoras. De acordo com o delegado Rafael Gallo, o crime teria sido cometido por ciúmes.

Vídeo que mostra a agressão circulou na internet

REPRODUÇÃO / RECORD TV MINAS

— A vítima estava residindo na casa de uma das suspeitas, que tem um companheiro. Por algum motivo, o casal brigou e a suspeita saiu de casa. Ela acha que a vítima e o namorado teriam se relacionado.

De acordo com os policiais, a agressão teria revoltado a população de Perdizes e algumas pessoas planejavam agredir a suposta mandante.

O inquérito foi concluído e enviado à Justiça pouco mais de 48 horas após o crime. A vítima passou por exames médicos, prestou depoimento e foi levada para a casa de familiares. Já a mulher apontada como mandante teria retornado para a sua cidade de origem, na Bahia, de onde vai continuar respondendo pelo crime. As outras duas acusadas foram ouvidas e liberadas.

anuncio patrocinado