Unidos para minimizar a dor de quem mais precisa

0

Grupo de Voluntários da Fraternidade sem Fronteiras, em Brasília,  espalha pela cidade caixas de doação de alimentos não perecíveis. O objetivo é atender famílias carentes do DF, que têm passado ainda mais dificuldade durante a pandemia

Brasília, 26 de março de 2021 – Um grupo de voluntários da Fraternidade sem Fronteiras (FSF), em Brasília, resolveu arregaçar as mangas e fazer algo por quem tem tido mais dificuldade para sobreviver, com a pandemia. Resolveram criar pontos de coleta de alimentos não perecíveis, em espaços estratégicos da cidade. A ideia intitulada “Caixa Solidária”, segundo a idealizadora da ação, Esthefany Caldas, é começar por Águas Claras, região onde mora.

“Vamos distribuir caixas em condomínios residenciais e no comércio de Águas Claras, convidando o público a doar”, explica, lembrando que o material arrecadado será distribuído para instituições sociais, que estão ajudando famílias carentes e a população em situação de rua do DF e Entorno.

A proposta do trabalho é começar em abril e se estender até setembro deste ano, podendo ser prorrogado, a depender da situação da crise instaurada pela Covid-19.

“Eu sempre participei de ações sociais, mas como veio a pandemia, me afastei um pouco. De uns meses para cá, vi muita família pedindo ajuda, principalmente alimentos. E sabemos que não está fácil”, afirma Esthefany, brasiliense de 26 anos, que é estagiária jurídica e admiradora do trabalho da FSF.

Segundo ela, a motivação para o projeto “Caixa Solidária” surgiu quando chegou até ela uma publicação de uma mãe, oferecendo faxina em troca de leite para seu filho. “Isso me deixou muito triste e, ao mesmo tempo, acendeu uma luz para que eu pudesse dar início a algum projeto e ajudar essas pessoas que estão passando por tantas necessidades neste momento; e não tem para quem ou onde recorrer”, finaliza a voluntária da FSF.

Quem quiser ajudar, basta entrar em contato pelo telefone: 61 98296-3290.

Sobre a Fraternidade sem Fronteiras – A FSF é uma Organização humanitária e Não-Governamental, com sede em Campo Grande (MS) e atuação brasileira e internacional. A instituição possui 68 polos de trabalho, mantém centros de acolhimento, oferece alimentação, saúde, formação profissionalizante, educação, cultivo sustentável, construção de casas e ainda, abraça projetos de crianças com microcefalia e doença rara. Todos os trabalhos são mantidos por meio de doações e principalmente pelo apadrinhamento. Com R$ 50 mensais é possível contribuir com um projeto e fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.fraternidadesemfronteiras.org.br

anuncio patrocinado