Superferiado começa hoje no estado do RJ e na capital de SP

0

Confira as regras que entram em vigor nesta sexta-feira (26) e valem por um período de dez dias, encerrados em 4 de abril

 

Começa nesta sexta-feira (26) em todo o estado do Rio de Janeiro e na capital de São Paulo um feriado prolongado de dez dias adotado como forma reduzir a circulação de pessoas para combater o agravamento da pandemia de covid-19. A medida se estende até o dia 4 de abril.

Nas cidades do Rio de Janeiro e Niterói, a partir desta sexta, apenas serviços essenciais estarão autorizados. Entre eles, estão farmácias, serviços de saúde, mercados, pet-shops, postos de combustíveis, transporte de passageiros, serviços de mecânica, feiras livres, bancos e hotéis. O atendimento em bares, restaurantes e lanchonetes será exclusivamente para entrega em domicílio, drive-thru e retirada no local.

Proibições no estado do Rio

Em todo o estado do Rio de Janeiro, o banho de mar e a permanência nas praias estão proibidos. Apenas a prática de atividade física individual nas praias e na orla está permitida. Os municípios estão autorizados a instalar barreiras sanitárias nas rodovias para controlar a entrada de visitantes. As aulas presenciais nas redes pública e privada estão suspensas. O fretamento de ônibus intermunicipal e interestadual também está proibido.

O Detro-RJ (Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio) e a Polícia Militar vão fiscalizar o uso de máscara e a disponibilização de álcool em gel nas estações de trem, metrô e outros ramais de transporte. A oferta de transporte público será mantida com a grade regular de horários.

O que pode funcionar no estado do Rio

undefined

As regras e proibições de funcionamento estabelecidos pelo governo estadual são de responsabilidade também das prefeituras. As medidas que prevalecem são as mais restritivas.

De acordo com o governo estadual do Rio de Janeiro, o superferiado não altera a rotina de unidades de saúde, segurança pública, assistência social e serviço funerário, além de outras atividades definidas como essenciais.

Segundo as regras do governo estadual, bares, restaurantes e lanchonetes só podem funcionar com até 50% da capacidade e permitir a entrada de clientes até as 21h. Apenas clientes que estiverem sentados podem consumir bebidas alcóolicas. As atividades devem se encerrar às 23h.

anuncio patrocinado