Só em nosso país que isso acontece! Um Vídeo mostra empresários sendo vacinados em garagem de ônibus

0

Servidora de saúde gravou momento em que uma agente vacinava pessoas em garagem da empresa Saritur

 

Um vídeo gravado por uma servidora de saúde de Belo Horizonte mostra o momento em que empresários são vacinados por uma agente de saúde na garagem de uma empresa de ônibus da capital mineira. Um boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Militar.  Veja o vídeo abaixo.

Nesta quarta-feira (24), uma reportagem da revista Piauí revelou que empresários de Minas Gerais compraram doses de vacinas da Pfizer e foram imunizados contra a covid-19 às escondidas na garagem da empresa de transportes Saritur.

A mulher, que não quis se identificar, conversou com equipes RecordTV Minas e confirmou que gravou o vídeo por volta das 21h da última terça-feira (23).

Segundo ela, uma amiga havia lhe perguntado se estava ocorrendo algum tipo de vacinação naquele momento e ela, como servidora de saúde, negou. Nesse momento, a amiga pediu para que ela fosse até a sua casa “para ver uma coisa”.

Chegando ao local, ela conseguiu flagrar, com um aparelho celular, o momento em que uma agente de saúde, vestida com um jaleco, retira algo do porta-malas de um carro e começa a aplicar as doses nos braços das pessoas que estavam presentes.

“Dá para ver direitinho ela indo no braço deles. É revoltante”, afirmou a mulher no vídeo.

Neste momento, a mulher chamou a Polícia Militar para denunciar o fato. Segundo ela, os seguranças do local teriam informado que estaria acontecendo uma “reunião de diretoria” no local. Em seguida, outros moradores também denunciaram o fato ao 190.

Registro

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher afirmou que havia cerca de 25 carros dentro da garagem e que uma mulher de jaleco branco aplicava as doses da vacina, inclusive em crianças.

“Ela nos informou que, de um local privilegiado, juntamente com outras pessoas, filmou e visualizou que, no pátio desta empresa, havia aproximadamente vinte e cinco veículos com seus respectivos passageiros sendo vacinados por uma mulher trajando jaleco de cor branca e que também haviam crianças sendo vacinadas”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Ainda de acordo com o registro, os seguranças da empresas deixaram os policiais entrarem no local, mas que nada foi constatado pelas equipes naquele momento.

Denúncia

A revista Piauí revelou em uma reportagem publicada nesta quarta-feira (24) que empresários e políticos que não estão nos grupos prioritários teriam recebido uma dose da vacina contra a covid-19, na última terça-feira (23), em Belo Horizonte.

O grupo ligado ao setor de transporte teria comprado os imunizantes da Pfizer, por conta própria. Em contato com o R7, o laboratório negou a negociação.

De acordo a revista, cerca de 50 pessoas receberam a primeira dose do imunizante na garagem da empresa de ônibus Saritur. As duas aplicações teriam custado R$ 600 por pessoa. Entre os vacinados, estaria o ex-senador Clésio Andrade, que também já foi presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte).

Andrade negou a informação para o R7, dizendo que se encontrava em quarentena no Sul de Minas. Ainda de acordo com a publicação, os organizadores da vacinação às escondidas seriam os irmãos Rômulo e Robson Lessa, que seriam sócios da Saritur.

A reportagem procurou a Saritur para comentar sobre o vídeo gravado pela vizinha. Ontem, a empresa negou que a dupla seja sócia da firma e declarou que o assunto é de “total desconhecimento da diretoria da empresa”.

anuncio patrocinado