Pets blogueiros: animais de estimação fazem sucesso nas redes sociais

0

Páginas na internet funcionam como álbum de fotos para os bichinhos; aplicativo desenvolvido no DF disponibiliza essa opção

Passeios, banhos e até visitas no veterinário. Tudo é registrado. Como os humanos, os pets influenciadores vem fazendo sucesso nas redes sociais com cliques fofíssimos.

A jornalista Nathalia Vajas tem dois pets em casa: a Minnie e o Milk. O casal de malteses tem uma página no Instagram com fotos desde o nascimento até o primeiro passeio, por exemplo.

“Gosto de usar a rede social como um álbum de fotos mesmo. Todas as lembranças estão lá, desde que eles eram filhotes, os primeiros passeios, até uma reportagem na televisão que eles apareceram. São parte da família e nada mais justo sempre lembrar deles, ter memórias para toda vida”, disse.

Pensando nisso, um aplicativo desenvolvido no Distrito Federal exclusivo para pets criou a opção de armazenar um álbum de fotos para os bichinhos. Uma forma segura de sempre manter as memórias dos nossos melhores amigos.

“Nesse mundo tecnológico que vivemos podemos acabar trocando de telefone ou tendo que fazer um backup e perder tudo. Por isso, o aplicativo + Pet disponibiliza essa opção. Você pode incluir diversas fotos do seu pet e deixá-las sempre à sua disposição”, explica Fernando Hoffmeister, criador do aplicativo.

Além do álbum de fotos, o aplicativo + Pet, disponibiliza agenda, controle de carteirinha de vacinação e ainda a opção de adotar ou comprar um bichinho. O download é gratuito.

Desenvolvido no ano passado, o aplicativo já tem mais de 100 mil downloads e está disponível nas plataformas IOS e Android.
Na aba “agenda”, o dono consegue gerenciar tudo sobre o pet. É possível determinar datas e horários para atividades como: passeios, alimentação, banhos e medicamentos.

Além disso, existe a possibilidade de cadastrar as vacinas que o animal recebeu, facilitando a vida do usuário e o bem estar do bichinho.  O aplicativo também manda lembretes para o usuário sem que ele precise abrir a plataforma. O dono tem a opção de compartilhar toda a rotina do animal com outros integrantes da família.

“O + Pet também o ajuda a encontrar clínicas, serviços de petshop e até pet walker. Tudo de acordo com a localização. E o melhor: é tudo de graça “, explica.

Meu animal ideal

Já nessa opção, os pais de pets  podem encontrar um novo animal. Caso o usuário queira comprar um bichinho, a plataforma disponibiliza uma lista de criadores – que trabalham com responsabilidade e ética.

Caso a necessidade seja de adoção, o aplicativo disponibiliza uma lista de anúncios, de acordo com a localização do usuário.

Mercado pet

O Brasil conta com o segundo maior mercado de produtos pets do mundo, segundo uma pesquisa da Euromonitor International. E a pandemia não desacelerou o crescimento do setor, que deve fechar 2021 com um faturamento em torno de R$ 37 bilhões. Os bons resultados têm atraído mais investimentos para o segmento e gerado oportunidades para quem quer empreender.

Segundo a pesquisa Radar Pet  da Comissão de Animais de Companhia (Comac), grande parte dos brasileiros enxergam os pets como um filho ou membro da família. Por conta disso, a saúde dos animais de companhia é considerada tão importante dentro do lar quanto as das demais pessoas. Também existe uma grande preocupação com o envelhecimento do pet e o cuidado com a saúde preventiva dos animais.

Em Brasília, o mercado está cada vez mais aquecido, já que o DF tem a maior proporção de animais de estimação do país por habitante. “Essa é uma área que cresce cada vez mais e na capital do país não tem sido diferente. Por isso, optamos em desenvolver e lançar o aplicativo por aqui”, pontuou Hoffmeister.

A estimativa do Instituto Pet Brasil é que, só o Distrito Federal, concentra mais de 1,4 milhões de pets – número que faz o segmento ser importante para o movimento econômico do país.

anuncio patrocinado