Outono chega e com ele as alergias respiratórias

0

Comuns nas baixas temperaturas, as rinites e sinusites preocupam os alérgicos

 

    O momento em que as baixas temperaturas chegam no Centro-Oeste, aumenta a preocupação com os cuidados para quem sofre com alergias. Para minimizar os impactos dos sintomas dessas patologias, se faz necessário alguns cuidados e orientação médica especializada para o tratamento adequado.

O médico otorrinolaringologista Dr. Dyego Barbosa, da Derma Prime, explica que são alergias que causam dor de cabeça e no seio da face, secreção nasal, além de coceira, lacrimejamento e espirros. “O paciente precisa mudar os hábitos de vida, seja com alimentação indicada e maior higiene no ambiente residencial ou trabalho”, detalha.

A rinite se caracteriza pela irritação e inflamação da mucosa nasal. Se manifesta pela coriza (secreção que escorre do nariz), espirros, nariz entupido e coceira. Os sintomas podem durar entre 7 a 10 dias e em casos crônicos, podendo chegar a mais de 3 meses.  Já a sinusite é uma espécie de inflação da mucosa que reveste os seios da face, que dura em torno de oito semanas.

O tratamento se dá pelo uso de descongestionantes nasais e em casos evoluídos, com antibióticos, receitados pelo médico. “Os pacientes precisam se atentar ao limpar a casa, evitando levantar poeira, pelos ou pó. Devem evitar também o uso de ar condicionado e os umidificadores devem ser usados com cautela. Alimentação deve ser rica no consumo de frutas e verduras, que ajudam na reposição das vitaminas C e D no corpo”, alerta Dr. Dyego.

Serviço:

Derma Prime – Dermatologia e Otorrinolaringologia

www.clinicadermaprime.com.br/

anuncio patrocinado
Anunciando...