É de assustar mas no DF já tem posto de combustível vendendo gasolina a R$ 6,199 no DF

0

Quem precisar abastecer o carro a partir desta quarta-feira (17/03) deve ligar todos os botões de alerta. Há postos vendendo gasolina por mais de R$ 6 o litro no Distrito Federal. Nunca se viu o combustível tão caro como agora.

 

No Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), o litro da gasolina está sendo vendido por R$ 6,199. Segundo gerentes de postos, o aumento dos combustíveis deverá ser generalizado nos próximos dias. “Gasolina a R$ 6 será mais do que comum”, diz um profissional do ramo.

Mas ainda dá tempo de correr e fugir da carestia total. Vários postos de Águas Claras e do Guará estão ofertando gasolina a R$ 5,599 o litro. “Mas creio que isso durará pouco. A tendência é de alta. Os postos resolveram repassar toda o aumento de custos para os consumidores”, afirma um gerente.

Segundo ele, é preciso lembrar que, somente neste ano, a Petrobras promoveu seis reajustes nos preços da gasolina nas refinarias, totalizando 54%. No caso do diesel, foram cinco aumentos, chegando a 32%. “Uma hora isso chegaria às bombas”, frisa.

Não bastassem as altas promovidas pela Petrobras, o etanol misturado à gasolina ficou mais caro e houve correção nos preços que servem de base para o recolhimento de impostos, como o ICMS. “Ou seja, tudo está jogando contra os motoristas”, destaca outro profissional do setor.

Para especialistas, não há perspectivas de redução dos preços da gasolina tão cedo, a não ser que o governo opte por adotar uma política populista e obrigue a Petrobras a promover reduções nos valores fixados em suas tabelas.

A estatal alega que segue as cotações do petróleo no mercado internacional, que estão em alta, e dos preços dólar, que estão em disparada, devido às incertezas fiscais no país e à dificuldade do governo federal em conter a pandemia do novo coronavírus.

“O presidente Jair Bolsonaro reclama da alta dos preços dos combustíveis, mas ele tem muita culpa no cartório, na medida em que cria insegurança quanto aos rumos das contas públicas e não faz nada para diminuir o número de mortes pela covid-19”, frisa um especialista.

anuncio patrocinado
Anunciando...