Segurança de condomínio mata morador com barra de ferro

0

Após receber uma caixa com macacos mortos, Glauco decidiu tirar satisfações com o homem que o ameaçava constantemente

 

 

Glauco Sanches era casado com Verônica há dois anos, mas o casal vivia brigando. Eles se mudaram para um condomínio de chácaras em busca de uma vida mais tranquila, mas segundo a família, Glauco queria se separar e Verônica não o deixou ir embora. Após receber uma ameaça de morte, o homem foi assassinado por um segurança do condomínio.

Em agosto de 2020, Glauco decidiu pedir ajuda do filho, Gabriel Sanches, e da nora, Giovana, para pegar alguns bens que estavam na casa. Verônica interpretou a situação de forma errada e acabou se desentendo com os familiares do homem. Glauco teve uma crise de convulsão, após ser empurrado

No dia do ocorrido, Joaquim agrediu o filho e a nora de Glauco. O segurança jogou a moto contra o joelho de Giovana e desferiu socos na cabeça de Gabriel. Verônica ofendeu a família do marido com a proteção de Joaquim

Depois que Joaquim se envolveu nas brigas da família, ele e e Glauco começaram a se desentender frequentemente. Diversos boletins de ocorrência foram prestados pelos dois por conta de ameaças e provocações

Glauco chegou a falar para a família que ele estava sendo ameaçado e que achava estranho Joaquim defender Verônica sempre

Na manhã do assassinato, Glauco teria recebido uma caixa com dois macacos mortos. O homem teria achado que tudo isso tinha sido uma ameaça da parte de Joaquim e foi tirar satisfação com o segurança. Os dois discutiram, mas o aposentado foi embora para resolver outros assuntos

Joaquim aguardou Glauco voltar e o atacou violentamente, usando uma barra de ferro. Já no chão, o aposentado foi ferido mais de uma vez. O segurança aparentemente planejou o crime e fugiu sem prestar socorro 

No momento do crime Verônica não estava no local, mas esteve na delegacia para pegar informações sobre o caso. A mulher não está sendo investigada

O homem foi socorrido e internado, mas não resistiu e teve morte cerebral

anuncio patrocinado