Com medo do filho, pai implora por tratamento médico para dependência

0

Um pai de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá) recorreu ao Ministério Público para implorar por um atendimento médico para filho de 30 anos, que é dependente químico. A família não tem condições de pagar o tratamento e o jovem tem se tornado agressivo e já tentou bater na própria mãe.

 

“(…) eu tenho muito medo dele, ele está praticando furto para manter o seu vício, pega as coisas de casa para vender e trocar por droga”, relatou o pai do jovem.

 

Segundo a família, o jovem já foi internado contra a sua vontade em uma clínica de reabilitação, o que não surtiu efeito por muito tempo. Atualmente ele precisa de atendimento com um psiquiatra, para auxiliar no tratamento, já que ele com frequência fica violento dentro de casa.

 

O pai do rapaz afirma que eles não têm condições de pagar o tratamento, assim como o transporte para outra cidade, já que não há médico especialista na cidade.

 

“P. é usuário de todos os tipos de drogas de forma descontrolado. Ele está muito agressivo, já avançou em sua mãe quando estava sob o efeito de drogas”, contou o pai ao promotor de Justiça.

 

Por causa da situação de vulnerabilidade da família, o promotor Samuel Telles Costa notificou a Secretaria de Saúde de Vila Bela da Santíssima Trindade para em 10 dias, a partir de 9 de março, providenciar a consulta psiquiátrica gratuita e ainda custear as despesas de locomoção enquanto durar o tratamento.

anuncio patrocinado