Como refinanciar um veículo?

0

O carro é um bem que pode gerar muitas despesas mensais. Custos com seguro, manutenção, parcelas para quitar o automóvel, entre outros, pesam bastante no orçamento. Porém, um veículo pode ser um grande aliado para conseguir crédito com juros baratos no mercado por meio de seu refinanciamento.

Também conhecido como o empréstimo com garantia de veículo, o refinanciamento é uma alternativa para quem precisa de dinheiro rápido e não quer sofrer com os juros absurdos de um financiamento pessoal e nem entrar no cheque especial. Aqui, vamos te explicar como o refinanciamento funciona.

O que é refinanciamento de veículo?

Essa é uma modalidade de empréstimo em que o proprietário coloca um bem como garantia de pagamento da dívida. Neste caso, o cliente apresenta um carro como garantia, assim o veículo fica alienado ao banco e pode ser posto a leilão, caso exista falha no pagamento do valor recebido.

Por ter um bem de valor considerável como garantia, os bancos oferecem taxas de juros bem baixas nessas transações. Os juros aplicados são semelhantes aos de um empréstimo consignado.

Mesmo com o carro alienado ao banco, o cliente continua podendo utilizar o veículo, mas não pode vendê-lo. Depois da quitação do empréstimo, o automóvel é desalienado voltando a ser de propriedade exclusiva da pessoa que fez a operação.

Muitos consumidores procuram o refinanciamento porque é um processo pouco burocrático e bem rápido. Em poucos dias, basta apresentar os documentos, o banco aprovar e liberar o crédito desejado.

Como funciona o refinanciamento de veículos?

A maneira mais fácil de conseguir um refinanciamento é ter um carro quitado em seu nome. Dessa forma, você apresenta os documentos que atestam a propriedade do veículo ao banco, como por exemplo, RG, CPF, CRV e CRLV, comprovantes de renda e residência.

Somente carros quitados podem ser refinanciados?

Não, existem instituições que aceitam realizar o refinanciamento de carros financiados que ainda não foram quitados. Porém, para isto é preciso se adequar a algumas regras.

Geralmente, uma parte do crédito do empréstimo vai para a quitação do financiamento. Digamos que você financiou um carro de 50 mil e já pagou 30 mil e que o banco tenha liberado crédito equivalente a 90% do valor do veículo, ou seja, 45 mil.

Destes 45 mil, 20 vão para a quitação do financiamento anterior e o restante fica com o cliente. Também há instituições que liberam crédito tendo como base apenas o somatório das parcelas quitadas.

Quanto é possível ter de crédito no refinanciamento do veículo?

Geralmente, os bancos liberam até 90% do valor do veículo na tabela FIPE. As instituições também fazem uma vistoria no veículo para checar as condições do bem. Em resumo, quanto mais novo e mais caro ele for, maior será a quantia que será liberada de crédito.

O que pode facilitar o pagamento do refinanciamento do veículo?

É importante lembrar que o refinanciamento de veículo é uma modalidade de empréstimo, portanto, ao solicitar a operação você está contraindo uma dívida. Então, é preciso ter um bom planejamento para honrar esse compromisso.

O ideal é que você faça simulações e defina o valor limite das parcelas do empréstimo. Uma dica importante é pegar apenas o valor necessário. Mesmo que o seu veículo te dê direito a um crédito de R$ 50 mil, mas você só precisa de R$ 20 mil, solicite o valor de R$ 20 mil.

Quando vale a pena refinanciar um veículo?

O refinanciamento vale muito a pena para quem está endividado. Se você contraiu dívidas de juros mais altos como cartão de crédito, empréstimo pessoal ou financiamento imobiliário, por exemplo, optar por essa modalidade pode ser uma maneira de se reorganizar financeiramente.

Com juros mais baixos, você pode fazer um refinanciamento de veículo e utilizar o crédito para quitar dívidas mais caras. Assim, é possível trocar uma dívida impagável por uma pagável com condições bem melhores.

E se você tem algum sonho como uma viagem internacional ou a compra de uma casa à vista, por exemplo, o refinanciamento também é uma boa alternativa. Assim você pode pegar crédito com juros baixos, realizar seu sonho e conseguir seguir fiel ao seu orçamento.

anuncio patrocinado