Autorizado novo concurso com 1.400 vagas para a carreira de Políticas Públicas e Gestão Governamental do DF

0

Do total de vagas autorizadas, 250 são para provimento imediado e outras 1.150 para formação de cadastro de reserva. Oportunidades são para cargos de analistas e gestores.

O Secretário do Estado de Economia do Distrito Federal publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (3/3) que está autorizada a realização de um novo concurso público para o provimento de 1.400 vagas para a carreira de Políticas Públicas e Gestão Governamental (PPGG).

Deste total, 250 são chances imediatas, sendo 100 vagas são para o cargo de Gestor em Políticas Públicas e Gestão Governamental, e 150 vagas são para o cargo de Analista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, da carreira. Além das vagas imediatas, também está autorizada a previsão de cadastro reserva de mais 1.150 chances, sendo 300 vagas para o cargo de gestor e  850 para analistas.

Para gestor, o salário inicial para 40 horas de trabalho é de R$ 6.760 e para analista é de R$ 4.480. Ambos exigem nível superior de formação. A maior parte dos novos profissionais atuará nas administrações regionais, profissionalizando assim a gestão pública.

O documento também informa que  provimento dos cargos indicados na portaria fica condicionado à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício em que se der o ingresso, à observância do Decreto nº 40.572, de 28 de março de 2020, e ao art. 8º, inciso IV, da Lei Complementar nº 173, de 27 de maio 2020.

Lembrando que, este concurso teve aval anterior ainda em 2018 para as mesmas carreiras, porém com menos vagas. O governador do Distrito Federal na época, Rodrigo Rollemberg, autorizou 750 vagas, cuja previsão de publicação do edital foi prorrogada por diversas vezes.

Atribuições da carreira

Recentemente, foi publicada uma portaria que define as especialidades e atribuições dos cargos da Carreira Políticas Públicas e Gestão Governamental do Distrito Federal.

Veja alguma das principais características do cargo de gestor e analista:

Atribuições de gestores: Formular, planejar, coordenar, supervisionar e avaliar atividades relacionadas à gestão governamental de políticas públicas nos diversos órgãos da Administração Direta, relativamente autônomos, especializados, fundações públicas e autarquias, inclusive de regime especial; executar outras atividades de mesma natureza e nível de complexidade determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade do cargo.

Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior, em nível de graduação, nas áreas indicadas na descrição sumária, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação; e, nos casos em que houver, registro no Conselho de Classe.

Atribuições de analistas: 

Atribuições gerais do cargo: Desenvolver atividades relacionadas à gestão governamental de políticas públicas nos diversos órgãos da Administração Direta, relativamente autônomos, especializados, fundações públicas e autarquias, inclusive de regime especial; executar outras atividades da mesma natureza e nível de complexidade
determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade do cargo.

Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

 

anuncio patrocinado