Senai abre inscrições para programa gratuito de segurança cibernética

0

Programa CiberEducação será totalmente on-line e encerra inscrições em 8 de março; curso conta com quatro fases de aprendizados

 

Diante os últimos ataques hackers aos órgãos do governo, a Cisco do Brasil, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) lança uma nova etapa do Programa de CiberEducação, voltado para a segurança digital. As inscrições são gratuitas e estão abertas até 8 de março pelo site da Cisco ou pelas academias NetAcad do Senai, em Brasília, Fortaleza, Vitória, Londrina e Porto Alegre.

Realizado de forma 100% remota, o CiberEducação conta com quatro fases. A primeira, que se inicia em março, é uma maratona de conhecimento: o Learn-A-Thon. A partir do curso exploratório Fundamentos de Cibersegurança, os inscritos iniciam uma maratona de aprendizado autodidata com duração de três semanas. Os melhores alunos concorrem a 1.300 bolsas gratuitas para cursos de formação profissional, oferecidas pela Cisco e seus parceiros.

Além da maratona de conhecimento Learn-A-Thon, o programa conta com as outras três etapas:

  • Capacitação Profissionalizante de Alunos: 1.300 estudantes selecionados do Learn-A-Thon serão capacitados
    no curso profissionalizante CCNA 1, focado em redes, e no Network Security, que prepara para carreiras
    especializadas em segurança de infraestrutura. Esta fase também incluirá formações complementares em
    conjunto com parceiros educacionais do Cisco Networking Academy;
  • Capacitação de Instrutores: o programa também incluirá a formação de professores no novo curso Network
    Security. Este curso irá substituir o atual CCNA Security. O objetivo desta fase é criar uma cadeia sustentável
    de educadores brasileiros em Segurança Cibernética. Os instrutores atuarão como multiplicados de conteúdo
    da Networking Academy nas suas instituições;
  • Oportunidade de Estágio e Emprego: na última fase os melhores alunos poderão colocar em prática os conhecimentos adquiridos. Os melhores talentos terão acesso a um programa de estágio ou emprego, posições que serão oferecidas por parceiros e clientes Cisco.
Próxima geração

O programa tem como objetivo principal ampliar o número de profissionais capacitados para o mercado de trabalho na área de cibersegurança, uma das que mais crescem e que mais ofertam vagas no país. A primeira onda de formação, lançada em julho de 2020, atingiu mais de 17 mil estudantes de todo o país, que participaram da maratona do conhecimento.

A fase final formou 513 estudantes nos programas profissionalizantes de cibersegurança. Os 100 melhores alunos da turma de 2020 ganharão um voucher integral para aplicarem à prova de certificação CyberOps Associate. Ao todo, mais de 80 academias Cisco Networkng Academy de 20 estados participaram do Programa CiberEducação.

“Temos trabalhado para construir um futuro inclusivo para todos. O Programa CiberEducação tem um papel muito importante para dar oportunidade para que jovens de todo o país possam ingressar em um segmento em constante crescimento, que é o de cibersegurança. Ficamos muito satisfeitos em contribuir com a inclusão de milhares de estudantes que já passaram pelo nosso programa no ano passado e com os próximos que chegarão nesta nota etapa”, afirma Gabriel Bello Barros, líder do Cisco Networking Academy no Brasil.

anuncio patrocinado