Garoto de 9 anos é atingido na cabeça por disparo acidental em SP

0

Amigo pegou revólver debaixo do colchão dos pais e atingiu a vítima próximo à orelha. Criança esperou 7h por atendimento

 

Um garoto de nove anos foi baleado após um disparo acidental feito por um amigo dentro de uma residência na estrada do Palanque, na Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, na tarde desta terça-feira (16). A criança ficou cerca de sete horas aguardando o atendimento do neurologista.

Segundo a mãe da vítima, após o trabalho, ela foi buscar o garoto que estava com uma babá. Na volta para casa, um amigo abordou o menino e, após certa insistência, a mãe o liberou para ir até a casa do colega, de 12 anos. No imóvel, o amigo pegou um revólver abaixo do colchão no quarto dos pais, para mostrar ao garoto.

Em determinado momento o colega atirou em direção à cabeça da vítima, o atingindo na região da orelha. O amigo que efetuou o disparo e seu irmão levaram a vítima para a rua e pediram ajuda, dizendo que a criança havia caído da escada. No entanto, a caminho do hospital, o garoto contou à mãe o que tinha realmente acontecido.

Ele foi socorrido e encaminhado ao Pronto Socorro Santa Marcelina da Cidade Tiradentes. De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), a dificuldade em achar uma vaga em leito gerou o atraso de mais de sete horas para que a vítima fosse transferida e atendida por um neurologista.

Segundo a mãe, após avaliações o garoto deve passar por cirurgia. O garoto foi internado no Hospital Ermelino Matarazzo e aguarda mais uma transferência para o Hospital Cidade Tiradentes. A arma foi apreendida e o caso foi registrado no 53° DP (Parque do Carmo) e, de acordo com a polícia, o dono da arma não compareceu ao Distrito, pois não mora em São Paulo.

anuncio patrocinado
Anunciando...