Eleição na CLDF: veja os cotados às comissões e à Mesa Diretora da Casa

0
Brasilia (DF) 19-09-2019 Mulher deixa cachorro dentro de carro no estacionamento da CLDF Foto: Myke Sena/ Especial para o Metrópoles

Acordos sinalizam nomes de deputados para assumir instâncias de análise de projetos antes de votações e administração da Câmara Legislativa

 

A corrida pela eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Legislativa (CLDF) começa a afunilar. Na esteira da campanha de reeleição do presidente Rafael Prudente (MDB) e do vice Rodrigo Delmasso (Republicanos), acordos apontam os nomes dos prováveis membros da nova Mesa Diretora, da Corregedoria, da Ouvidoria e das comissões.

O movimento político de reeleição na CLDF conta com um documento de apoio com 19 assinaturas distritais, conforme divulgado. Prudente conseguiu a promessa de apoio do Centrão e da oposição. A escolha está prevista para 15 de dezembro.

No mapeamento da nova Mesa Diretora, a 1ª Secretaria, responsável pelos recursos humanos da Casa, tende a ficar com o deputado distrital Iolando Almeida (PSC). Encarregada pelo orçamento, administração e finanças, a 2ª Secretaria caminha para permanecer sob a gestão de Robério Negreiros (PSD).

A 3ª Secretaria, incumbida pelo processo legislativo, deve ser confiada a Reginaldo Sardinha (Avante). As articulações pela Corregedoria da Casa apontam para a condução de Hermeto (MDB). A Ouvidora tende a ser ocupada por Fernando Fernandes (Pros).

As comissões desempenham papel fundamental na tramitação de projetos dos parlamentares e do Governo do Distrito Federal (GDF). As articulações sinalizam a manutenção de Agaciel Maia (PL) na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças.

Até a manhã de quarta-feira (9/12), Jaqueline Silva (PTB) era cotada para assumir a Comissão de Constituição e Justiça. Os acordos apontam para a indicação do líder do governo na Câmara, Cláudio Abrantes (PDT), ao comando da Comissão de Assuntos Fundiários.

A oposição deverá conseguir comissões. Arlete Sampaio é cotada para a Comissão de Educação, Saúde e Cultura. Chico Vigilante (PT) deve coordenar a Comissão de Defesa do Consumidor. Fábio Felix poderá permanecer no comando da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar.

Abstenção

Fábio Felix vai se abster da votação, marcada para 15 de dezembro. “Manterei-me independente. Não votarei no Prudente e em nenhuma candidatura colocada até agora, pois não temos identidade com as opções apresentadas até então”, afirmou.

José Gomes na transparência

As negociações apontam o nome de José Gomes (PSB) para a Presidência da Comissão de Fiscalização Governança Transparência e Controle. O distrital teve o mandato cassado por suposto abuso de poder econômico no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foi afastado da Casa, mas voltou por força de liminar do Supremo Tribunal Federal (STF).

A parlamentar independente Júlia Lucy (Novo) tende a assumir a Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo. O nome de Valdelino Barcelos (PP) é cogitado para a Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana.

As articulações indicam a possível permanência de Martins Machado (Republicanos) na Comissão de Assuntos Sociais. As negociações pela Comissão de Segurança permaneciam em aberto até a noite de terça-feira (8/11). Todos os nomes citados são tendências. O quadro final será definido no dia da votação.

Candidatura solo

O deputado distrital Reginaldo Veras (PDT) ensaia uma candidatura solo à Presidência da Casa.

anuncio patrocinado
Anunciando...